São Sebastião gera 285 vagas de emprego com carteira assinada

A Prefeitura de São Sebastião, por meio das Secretarias de Desenvolvimento Econômico e Social (SEDES) e de Planejamento (SEPLAN), divulgou os números de empregos gerados no mês de novembro, presentes no Plano Municipal de Desenvolvimento Integrado.

Foram 285 novas vagas com carteira assinada, número que coloca o município como líder no Litoral Norte em geração de empregos no mês.

Entre janeiro e outubro de 2022, São Sebastião gerou 2.480 novas oportunidades com carteira assinada, enquanto as demais cidades do Litoral Norte criaram, juntas, 627 vagas, o que coloca o município como responsável por cerca de 80% dos empregos criados na região em 2022.

O saldo positivo de São Sebastião na geração de empregos é 3.9 vezes maior do que as três cidades do Litoral Norte juntas. Mantido o ritmo de geração de empregos nas demais cidades da região, seriam necessários pouco mais de dois anos para igualar o resultado de São Sebastião nos primeiros 11 meses de 2022.

Outros dados apurados pela SEPLAN mostram que São Sebastião foi a quinta cidade do Estado de São Paulo e a 23.ª do Brasil, acima de 80 mil habitantes, que mais gerou empregos per capita, nos últimos 12 meses. Foram criadas 2.706 oportunidades de trabalho com carteira assinada a cada 100 mil habitantes, no período avaliado.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico e Social, Frederico Schwarz Mazzucca, explica que a SEDES, através do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), registra as vagas de emprego e encaminha os munícipes interessados para as empresas cadastradas, articulando o empregador e os candidatos como forma de incentivar e promover a empregabilidade e geração de renda no município.

O diretor do Departamento Emprego e Renda da SEDES, Afonso da Silva Vale, explica que, entre os fatores que levaram São Sebastião a manter a liderança regional na geração de empregos, estão o investimento em infraestrutura e eventos.

“O índice de confiabilidade do município cresceu bastante nesse período, vários postos de trabalho foram abertos, e a tendência que os números continuem positivos, pois o comércio se preparou para a alta temporada, contratando e preparando a mão de obra”, diz.

Dados

Os dados sobre a geração de empregos com carteira assinada são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho e da Previdência Social. O período analisado é de dezembro de 2021 a novembro de 2022.

A SEPLAN monitora esses indicadores como parte do Plano Municipal de Desenvolvimento Integrado, instrumento de planejamento utilizado para o estabelecimento de diretrizes, projetos e ações às secretarias municipais para os próximos anos, integrando, por meio das ações, o desenvolvimento municipal.

Botão Voltar ao topo