Aérea espanhola receberá primeiro jato E195-E2 da Embraer em 2019

Por: Share:
E195-E2 da Embraer. (Foto: Divulgação)

A Embraer anunciou que a Binter Canarias, da Espanha, receberá seu primeiro jato E195-E2 no segundo semestre de 2019, tornando-se o primeiro cliente europeu do maior modelo dos E-Jets E2. A companhia aérea assinou um pedido firme com a Embraer por três E195-E2. O contrato também inclui direitos de compra para duas aeronaves adicionais do mesmo modelo.

Este acordo foi previamente anunciado como uma Carta de Intenções (LoI) com um “cliente não revelado” durante o Farnborough Air Show 2018, em julho deste ano. Com todas as opções sendo exercidas, o contrato tem um preço de lista de USD 342 milhões. O pedido foi incluído na carteira de pedidos (backlog) da Embraer do terceiro trimestre de 2018. A companhia aérea configurará as aeronaves com 132 assentos em um confortável leiaute de classe única.

“A Embraer está orgulhosa em receber a Binter na crescente base de operadores de E-Jets na Europa”, disse Martyn Holmes, Diretor da Embraer Aviação Comercial para Europa, Rússia e Ásia Central. “A família de jatos E2 é mais silenciosa, limpa e eficiente em termos de consumo de combustível no segmento de jatos de corredor-único de nova geração no mundo. Comparado aos atuais jatos regionais utilizados pela Binter, o E195-E2 proporcionará maior flexibilidade às operações da empresa aérea, oferecendo mais assentos, maior alcance e incomparável conforto aos passageiros, com custos operacionais mais baixos.”

“Na Binter sempre acreditamos em oferecer aos nossos clientes um serviço de qualidade e para nós a modernização de frota é fundamental”, disse o Vice-Presidente da Binter, Rodolfo Núñez, que lembrou que a empresa aérea vai completará 30 anos em 2019 já contando com uma frota das mais modernas. “Estamos convencidos de que o E195-E2 é o modelo de aeronave ideal para a nossa operação”, disse ele.

A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais com até 150 assentos. A companhia conta com 100 clientes em todo o mundo operando os jatos das famílias ERJ e E-Jets. Apenas para o programa de E-Jets, a Embraer registrou mais de 1.800 pedidos firmes e 1.400 entregas, redefinindo o conceito tradicional de aeronaves regionais.

Veja também