fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Taubaté realiza encontro internacional de resgate da cultura africana

Evento acontece pela primeira vez no Vale do Paraíba e tem como objetivo resgatar, fortalecer e valorizar a herança africana.  O ‘1° Encontro Internacional Candomblé de Angola’ tem a participação de sete estados brasileiros e África. Expectativa é de 300 pessoas.

A ATUCAT (Associação dos Templos de Umbanda e Candomblé de Taubaté) realiza neste sábado, dia 9, o 1° Encontro Internacional Candomblé de Angola, com tema “Candomblé de Angola e sua Identidade”, que tem o objetivo de resgatar, fortalecer e valorizar as heranças deixadas pelos povos do passado (ancestrais). Expectativa é de 300 pessoas.

Este evento vem ao encontro da Década Internacional de Afrodescendentes, entre os anos de 2015 a 2024, declarada pela Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), com o tema “Povos Afrodescendentes: reconhecimento, justiça e desenvolvimento”.

Na oportunidade estarão presentes representantes das raízes africanas Manadeuí, Kongo Angola, Tumbensi, Bate Fola, Goméia, Tumba Junsara, Kupapa Unsaba, Kavunguoxi e Nkumbi. O evento conta com participantes confirmados de sete estados brasileiros: Amapá, Bahia, Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, além de integrantes de duas províncias africanas, Huambo e Luanda.

No encontro, serão debatidos assuntos referentes aos temas ligados à cultura africana e coordenados por autoridades ligadas à temática como: Judith Luacute, representante do Ilabanttu; e Aristóteles Kandimba, diretor de produção internacional de cultura Bantu, ambos estrangeiros.

Os debates serão mediados pelo antropólogo da Unitau e pelo presidente da ATUCAT, Alessandro Jorge Machado, com espaço para participação da plateia presente.

Na oportunidade os participantes do encontro terão a oportunidade de desfrutarem de café da manhã, almoço e jantar com pratos da típica culinária africana, como forma de valorizar a tradicional culinária e cultura dos povos africanos. Também acontece ao longo da programação apresentação de manifestações culturais africanas como: capoeira, jongo e samba de roda.

O evento acontece no Monarka Hall, localizado na Avenida Santa Cruz do Areão,nº 1408. Das 8h00 e 20h00.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo