publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Hang Loose Surf Attack tem show de surf e ações socioambientais em São Sebastião

(Foto: Rafael César/PMSS)

São Sebastião recebeu a 1ª etapa do Hang Loose Surf Attack 2024, considerado um dos mais tradicionais circuitos de base do Brasil, entre sexta-eira (7) e domingo (9), na praia da Baleia, na Costa Sul do município. O evento chegou à sua 36ª edição e teve como destaque atletas da Baixada Santista.

Com apresentação da EDP e realização da Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf), a 1° etapa do Hang Loose Surf Attack 2024 contou com apoio da Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Esportes (SEESP), Associação de Surf de São Sebastião (ASSS), Associação de Surf da Sahy/Baleia e Associação de Surf de Cambury (Ascam).

“Foi mais uma grande etapa do Circuito Hang Loose Surf Attack, que há 36 anos tem sido uma plataforma de lançamento de jovens talentos do surfe brasileiro para o mundo.

Trabalhamos muito para oferecer o melhor aos nossos atletas, staff e ao público e tivemos três dias com muitas atividades socioambientais, além de muito sol, surfe e energia positiva na praia da Baleia.

Tenho certeza que todos que compareceram saíram felizes e satisfeitos com esta primeira etapa do Hang Loose Surf Attack”, disse Zé Paulo, presidente da Federação de Surf do Estado de São Paulo.

A competição reuniu mais de 200 surfistas de vários Estados do Brasil, que foram divididos em seis categorias sendo Sub-12, Sub-14 e Sub-16 do masculino e feminino.

Neste ano, o Hang Loose não teve a categoria Sub-18. A premiação desta etapa do campeonato distribuiu mais de R$ 15 mil em dinheiro para os melhores colocados.

Além disso, o evento teve diversas ações socioambientais para os atletas e público participarem, em parceria com o Projeto Desengarrafando Mentes, que produz pranchas feitas com materiais recicláveis e realiza campanhas sociais e de educação ambiental em vários locais.

Os atletas sebastianenses que disputaram a 1ª etapa da competição obtiveram a classificação para o Circuito Paulista, baseado no desempenho dentro do Circuito Sebastianense de 2023, campeonato organizado pela Associação de Surf de São Sebastião (ASSS), com apoio da Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Esportes (SEESP).

Além das competições principais, o evento também premiou os campeões do Manga Wax Girls Best Trick, com a melhor manobra entre as meninas e Air Show – aéreo mais radical entre os meninos.

No feminino, Julia Stefani faturou o prêmio com um aéreo de frontside e Bryan Almeida, também com um aéreo, venceu o Air Show. Cada um recebeu R$ 500 pela melhor manobra.

Vale ressaltar que grandes nomes do surfe brasileiro já passaram pelo campeonato, como Gabriel Medina, Adriano de Souza, o ‘Mineirinho’, Alejo Muniz, Caio Ibelli, Samuel Pupo, Filipe Toledo, Deivid Silva, Magno Pacheco, Vitor Bernardo, entre outros talentos. Todos esses atletas se tornaram frutos deste tradicional campeonato que ocorre desde 1988.

As etapas subsequentes serão realizadas nas praias de Ilha Comprida, no Litoral Sul e, em Cambury, novamente, em São Sebastião.

Resultados

Sub 16 masculino

1 Kailani Renno (Ubatuba)

2 Bryan Almeida (Guarujá)

3 Romeo Chavez (Colômbia)

4 Vitor Gabriel (Bahia)

Sub 14 masculino

1 Vini Palma (Praia Grande)

2 Izau Signorini (São Vicente)

3 Matheus Jhones (Guarujá)

4 Theo Kogachi (Guarujá)

Sub 12 masculino

1 Matheus Jhones (Guarujá)

2 Theo Baladi (São Sebastião)

3 Izau Signorini (São Vicente)

4 Bernardo Pires (Praia Grande)

Sub 16 feminino

1 Carol Bastides (Praia Grande)

2 Giovanna Rocha (Guarujá)

3 Júlia Stefani (Praia Grande)

4 Maeva Guastalla (Ubatuba)

Sub 14 feminino

1 Carol Bastides (Praia Grande)

2 Paula Stefani (Peruíbe)

3 Lanai Thompson (Rio de janeiro)

4 Maeva Guastalla ( Ubatuba)

‌Sub 12 feminino

1 Isabel Meyer (Bertioga)

2 Ana Dagostini (Hang Loose)

3 Maria Clara (Guarujá)

4 Anna Bernardini (Peruíbe)

Botão Voltar ao topo