publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Pinda avança em discussões e planejamento estratégico para o enfrentamento as mudanças climáticas

(Foto: Divulgação/PMP)

Pindamonhangaba deu um passo importante rumo à sustentabilidade climática, promovendo a apresentação do inventário de emissão de gases de efeito estufa.

A iniciativa, conduzida pela Secretaria de Meio Ambiente com suporte do ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade, no último dia 4, enfatizou o compromisso da cidade com o desenvolvimento sustentável.

O evento teve como objetivos principais a apresentação dos resultados do inventário de emissão de gases de efeito estufa, a coleta de informações dos participantes para refinar os dados da Análise de Riscos e Vulnerabilidades Climáticas (ARVC) e a promoção do conhecimento sobre adaptação urbana, emergência climática e riscos climáticos.

A crise climática e a perda de biodiversidade apresentam desafios crescentes aos governos locais. Em resposta a esses problemas, Pindamonhangaba, com o apoio do ICLEI, está implementando a Conformidade Climática. Esse processo inclui uma série de diagnósticos que resultam na elaboração do Plano de Ação Climática Local (PLAC), conhecido como Plano Pinda Pró Clima.

O plano fornece os insumos necessários para que os governos locais possam planejar e implementar ações focadas no combate e prevenção à crise climática.

Além disso, a criação de uma minuta de lei sobre o tema reforça o compromisso do município em se tornar uma referência no enfrentamento às mudanças climáticas.

“O Programa Pinda Pró Clima inclui a elaboração de um plano de ação climática, demonstrando o compromisso da administração municipal com práticas sustentáveis e adaptação às mudanças ambientais”, explicou a secretária de Meio Ambiente, Maria Eduarda San Martin.

Um dos componentes essenciais do programa é o Mapeamento Participativo do Diagnóstico de Serviços Ecossistêmicos, que avalia os benefícios oferecidos pela natureza e identifica as ameaças presentes no território.

Esse diagnóstico permite identificar áreas prioritárias para ações que promovam o desenvolvimento urbano sustentável e a adaptação baseada nos ecossistemas, protegendo e promovendo a biodiversidade local.

Com essas iniciativas, Pindamonhangaba não apenas se prepara para enfrentar os desafios futuros, mas também reforça seu papel como líder em políticas ambientais no interior de São Paulo. A cidade está respondendo às crises climáticas atuais e traçando um caminho para um futuro mais seguro e sustentável para todos os seus habitantes.

Botão Voltar ao topo