publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Seleção Brasileira enfrenta o México em festa do futebol no Texas

Amistoso faz parte da preparação da equipe comandada por Dorival Júnior para a disputa da Copa América e vai celebrar os 110 anos de fundação da CBF; público pode superar os 110 mil torcedores

Amistoso da Seleção neste sábado deve lotar o Kyle Field no Texas. (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A Seleção Brasileira fará neste sábado (8) o primeiro amistoso da fase de preparação para a disputa da Copa América. O time comandado por Dorival Júnior vai enfrentar o México, às 22h (horário de Brasília), em College Station, no Texas. O jogo será transmitido pelo Grupo Globo em diversas plataformas.

A partida será histórica. Pela primeira vez, um dos palcos mais tradicionais do futebol americano universitário, o Kyle Field, será aberto para o soccer, o nosso futebol.

Inaugurado em 1905, o estádio passou por uma modernização há dez anos e tem capacidade para receber 102.733 pessoas. A comunidade mexicana é a maior do Texas e deve lotar a moderna arena.

A região metropolitana de College Station tem cerca de 250 mil habitantes. O amistoso será uma celebração do futebol. Antes da partida, os organizadores vão promover um festival num parque ao lado do estádio. A festa terá food trucks e muita música.

A Câmara de Comércio do Bryan-College prevê uma receita recorde com a partida histórica. O impacto econômico previsto deverá ser de US$ 21 milhões (cerca de R$ 110 milhões), segundo o estudo das autoridades locais.

ANIVERSÁRIO DA CBF

O amistoso no Texas vai celebrar também o aniversário da CBF, fundada no dia 8 de junho de 1914 no Rio de Janeiro. Com uma história centenária repleta de grandes títulos conquistados pelas seleções que a representam, a CBF também responde pelo crescimento e organização do futebol nacional, um dos mais respeitados do mundo.

“Será uma celebração do tamanho da grandiosidade da CBF. A Amarelinha vai lotar neste sábado um estádio centenário que nunca abrigou um jogo de futebol nos Estados Unidos. Nada melhor do que festejar essa data com uma grande espetáculo. Parabéns a todos os torcedores, atletas, árbitros, dirigentes e demais apaixonados pelo nosso futubol em todo mundo”, disse Ednaldo Rodrigues, que assistirá o jogo no Texas. t

Primeiro presidente negro e nordestino da história da entidade, Ednaldo Rodrigues comanda a CBF há dois anos. Neste período, a edição passada do Campeonato Brasileiro registrou a melhor média de público da história e o Brasil foi eleito no mês passado pela Fifa para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027.

Sob a gestão de Ednaldo Rodrigues, a CBF adotou o discurso anti-discriminatório como um pilar de suas decisões e se tornou a primeira confederação a estabelecer punições esportivas para casos de racismo no futebol brasileiro.

PREPARAÇÃO PARA A COPA AMÉRICA

A partida faz parte o planejamento da comissão técnica da equipe para a disputa da Copa América. A Seleção está desde o dia 30 nos Estados Unidos se preparando para a Copa América, que será aberta no dia 20. O Brasil está no mesmo grupo de Costa Rica, Paraguai e Colômbia. A estreia será contra a Costa Rica, no dia 24, em Los Angeles.

É o primeiro confronto da equipe de Dorival contra um adversário das Américas. O treinador estreou em março contra duas Seleções europeias. Na ocasião, o Brasil ganhou da Inglaterra por 1 a 0, em Wembley, e empatou com a Espanha, por 1 a 1, em Madrid.

CONFRONTOS

A Seleção detém uma invencibilidade de 12 anos contra os mexicanos. A última derrota foi em 3 de junho de 2012, por 2 a 0, em Dallas.

Desde então, a Seleção coleciona três vitórias e um empate. O confronto mais recente foi na Copa da Rússia, em 2018, pelas oitavas de final. Ao todo, o Brasil e México se enfrentaram 39 vezes, com 24 vitórias para a Seleção, sete empates e oito derrotas.

“Enfrentaremos uma partida muito complicada no sábado, dia 8, contra uma equipe que joga futebol interessante, agudo.

Um futebol dinâmico com ligações diretas, de muita disputa, jogo de muito contato. Eles chegam com muita velocidade a todo momento ao gol adversário. Será parâmetro importante para competição tão importante quanto. Uma partida que possa balizar o momento que possamos viver na Copa América e que será fundamental para o desenvolvimento do trabalho”, disse Dorival Júnior.

CAMPO MAIS CURTO

O confronto contra os mexicanos também será um adaptação para os atletas com as dimensoões do campo na Copa América. A competição será disputada em gramados de futebol americano que tem uma metragem diferente (100 m x 64 m), cinco metros mais curto e quatro metros mais estreito.

“Vamos ter que dosar mais a foorça, principalmente, nos lançamos de longa distância. Mas a realidade é essa e precisamos nos adptara o mais rápiodo possível”, disse o lateral Wendell.

Botão Voltar ao topo