fbpx

Pindamonhangaba recebe exposição itinerante “Meninas Curiosas, Mulheres de Futuro”

Em formato de carreta itinerante, de 14 a 17 de maio, a expedição, realizada pela Força Meninas, promove sessões diárias do espetáculo “Uma Janela Para O Mundo” e estações interativas que possibilitam a prática de habilidades sócio-emocionais, essenciais para profissionais do futuro

Expedição “Meninas Curiosas, Mulheres do Futuro” edição 2024 – Montenegro–RS. (Foto: Daniel Henrique Silva Dias)

Entre os dias 14 e 17 de maio, Pindamonhangaba é a parada da expedição “Meninas Curiosas, Mulheres de Futuro”, idealizada pela plataforma de conhecimento Força Meninas. A carreta ficará no Shopping Pátio Pinda.

A iniciativa promove atividades para apresentar histórias inspiradoras de mulheres em diversas áreas da ciência para crianças de 10 a 15 anos, além de despertar a curiosidade e incentivar meninas a ingressarem em carreiras com baixa representatividade feminina, especialmente ciências, tecnologia, engenharia e matemática, por meio de apresentações teatrais e espaços interativos.

O projeto é uma realização Força Meninas em parceria com o Ministério da Cultura – Governo Federal, viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio das empresas John Deere, ArcelorMittal – Fundação ArcelorMittal e Novelis.

Construída em parceria com a Cia Realejo, a peça “Uma Janela Para O Mundo” é uma das atividades programadas. Conta a história de duas meninas que vivem em décadas diferentes – Luna está em 2024 e Estela, em 1924 – e decidem criar uma máquina do tempo para fugir dos problemas de seus mundos. A peça homenageia as cientistas Enedina Alves, Katherine Johnson e Ada Lovelace.

Com visitação de cerca de uma hora, o público será guiado por um circuito dinâmico, imersivo e interativo composto por cinco ambientes temáticos. A mostra usa o STEAM como abordagem pedagógica interdisciplinar, que prevê a integração colaborativa e criativa dos conhecimentos em ciências, tecnologia, engenharia, artes & design e matemática.

O visitante circula por instalações imersivas que passam pelos princípios do processo criativo, da inovação e da inventividade, com criação e curadoria de Déborah De Mari, fundadora da Força Meninas. A ideia é mostrar para as crianças a beleza do detalhe e, ao mesmo tempo, a complexidade do mundo em que vivemos. O desejo é que as garotas saiam da experiência compreendendo a importância de ingressarem em áreas estratégicas, como Ciências, Engenharia e Tecnologia, para transformar positivamente o presente e o futuro.

Ao término do programa, será entregue a cada participante um livreto escrito por Déborah De Mari, que narra a vida de dez mulheres de destaque nas carreiras de STEM. Dentre elas estão a engenheira Carol Shaw (pioneira no desenvolvimento de jogos eletrônicos) e a bióloga e educadora Bertha Lutz.

A iniciativa rodará diversos estados, durante dois meses, passando por Porto Alegre, Montenegro, Santa Rosa, Horizontina (RS), Lorena, São José dos Campos, Pindamonhangaba (SP), Barra Mansa (RJ) e Santos Dumont (MG). Ficará quatro dias em cada cidade e as apresentações terão também transmissão em Libras e infraestrutura acessível para pessoas com deficiência (PcD).

“A expedição tem o intuito de oferecer inspiração e despertar o interesse desses alunos em áreas que são foco das profissões do futuro. Nosso objetivo é levar um mix de diversas tecnologias como realidade virtual, realidade aumentada e até inteligência artificial por meio da metodologia STEAM. A exposição interativa combinada à força da linguagem teatral tem a função de despertar a vontade de aprender dos estudantes de maneira inovadora em atividades que conectam o mundo real ao como e o porquê de profissões do futuro’’ conta Déborah De Mari, fundadora do Força Meninas e idealizadora do projeto

“O projeto é para meninas e meninos, nós acreditamos que a participação dos garotos é essencial na construção de um futuro mais igualitário para todos. Para este ano, trouxemos uma nova abordagem, desenvolvida a partir do estudo da última edição. Vamos conversar com uma faixa etária um pouco mais velha, que já está em busca de possibilidades de profissões. E também substituímos as oficinas por estações interativas, como um museu imersivo e colaborativo”, complementa.

As crianças interessadas precisam comparecer ao local acompanhadas de um adulto responsável com seus respectivos documentos de identidade.

Lançada em 2022, a Expedição Meninas Curiosas, Mulheres de Futuro já impactou mais de 37 mil estudantes de escolas públicas. Neste ano, retorna como exposição itinerante e deve alcançar mais de 40 mil estudantes em quatro regiões do país.

Sinopse do espetáculo “Uma Janela Para o Mundo”
O espetáculo infantil “Uma Janela Para o Mundo” conta a história de duas meninas inventivas e curiosas que vivem em anos diferentes. Luna está em 2024 e Estela em 1924. Insatisfeitas com suas realidades, ambas decidem criar uma máquina do tempo para fugir dos problemas de seus mundos. A máquina, porém, leva as duas para o laboratório de Celeste, localizado em algum lugar do tempo-espaço.

Neste mundo mágico, as duas conhecem as histórias de mulheres reais pioneiras nas áreas da ciência e da tecnologia que inspiram suas jornadas, como a engenheira curitibana Enedina Alves, a norte-americana Katherine Johnson e a pioneira Ada Lovelace. Enedina, nascida em 1913, foi a primeira engenheira negra do Brasil e cuidou, até, da construção de uma usina hidrelétrica. Katherine, também negra, nasceu em 1918 e foi uma das primeiras engenheiras aeronáuticas. Na Nasa, fez programas de computador para exploração espacial. E Ada, que nasceu muito antes, em 1815, criou o primeiro algoritmo para ser processado por uma máquina.

O encontro das personagens abre janelas para seus próprios mundos e proporciona a audiência a descoberta da história de mulheres que mudaram o mundo convidando a todos a mudarem o rumo de suas vidas.

FICHA TÉCNICA
Espetáculo Infanto Juvenil: Uma Janela Para O Mundo
● Direito Autoral: Déborah De Mari
● Direção Artística: Cia Realejo
● Direção de Produção: Marly Silva
● Elenco: Thai Leão, Dama Valentin, Carol Moreno e Maggie Abreu
● Cenário: Results Marketing, Like Produções e Força Meninas
● Figurino: Bruna Recchia
● Operador de Som: Ricardo de Oliveira
● Produção Geral: Força Meninas

Estações interativas:

1. Pequeno Grande Mundo
Os estudantes terão a oportunidade de visualizar imagens em alta definição captadas por telescópios e microscópios. O objetivo é fazer com que conheçam e explorem os sistemas que existem na perspectiva micro e macro fazendo uma comparação entre o sistema solar em imagens no Telescópio Hubble e imagens capturadas por microscópios de alta definição, como de células humanas, vegetais, além de materiais como aço, etc.

Além disso, os alunos terão acesso às diferenças matemáticas das estruturas que estão analisando, como por exemplo: dimensão do Planeta Terra versus a dimensão de uma célula de sangue humano.

2. Bússola de Carreiras
Os alunos colocarão a mão na massa e conhecerão o conceito de realidade virtual por meio de uma vivência de ambiente de trabalho. Usando óculos de realidade virtual, terão acesso a experiências que lhes permitirão vivenciar as profissões de engenheira, astronauta, biomédica, piloto de avião e designer de animação.

3. Futuro Eu
Futuro Eu é uma estação de arte participativa que explora os fundamentos daquilo que molda os estudantes como indivíduos. Um sistema visual utiliza composição de cores, linhas e grades para estimular os alunos a relacionarem escolhas cotidianas de vida e profissões que podem moldar o presente e o futuro.

O que me faz pensar, o que me faz feliz, o que me deixa triste, o que me faz querer mudar, o que é importante para mim? Uma destas perguntas é representada por um fio de cor diferente e pode ser respondida conectando palavras relevantes.

No final, a cada sessão os participantes tornam-se os criadores de uma colorida obra de arte que também será disponibilizada em formato digital no site da iniciativa.

4. Meninas Curiosas, Mulheres de Futuro
Nesta estação, os participantes ouvirão a história de quatro meninas inspiradoras premiadas pela Força Meninas e descobrirão como elas criaram soluções inovadoras em uma área de ciência, tecnologia, engenharia e matemática para mudar problemas que elas enxergaram no mundo. Além disso, os alunos poderão enviar palavras que remetem a seus sentimentos e emoções nesta experiência. Ao final, as mensagens digitadas ou gravadas serão transformadas em um manifesto coletivo pela IA, inteligência artificial, que também estará disponível no site aos interessados, quando terminar a expedição.

5. Mude o Mundo LAB
As desigualdades sociais e a baixa representatividade de meninas e pessoas em situação de vulnerabilidade são uma realidade nas áreas STEAM. Para mudar essa situação convidamos os alunos a interagirem com as formas geométricas para a compreensão dos dados que mostram as diferentes realidades. Ao final desta atividade, cada grupo de participantes criará um infográfico sobre o tema que escolheram em uma tela magnética. O objetivo da atividade é explorar conceitos matemáticos e dar visibilidade a promissora carreira de cientista de dados, além de promover reflexões sobre pensamento crítico e trabalho em equipe.

Sobre a Força Meninas
Força Meninas é uma plataforma de impacto social cuja missão é fortalecer o potencial das meninas, capacitando-as com as habilidades necessárias para que sejam protagonistas das oportunidades futuras. Com esse propósito vem fomentando a transformação na vida das meninas brasileiras, apoiando a construção de um novo futuro para elas. Desde sua criação, em 2016, já são mais de 57 mil meninas impactadas em 263 estados e 29 cidades no Brasil.

Sobre a Cia Realejo
A Cia Realejo é uma companhia teatral que desde 2016 desenvolve contações de histórias e espetáculos infantis. Em colaboração com a Força Meninas, atua desde 2017, em peças teatrais que refletem sobre assuntos contemporâneos, como os dilemas enfrentados por meninas e mulheres, por meio do olhar da criança, estimulando que elas sejam donas de suas próprias histórias.

SERVIÇO
Cidade: Pindamonhangaba
Local: Shopping Pátio Pinda.
Data: 14 a 17 de maio de 2024
Horários das sessões: 8h, 10h, 14h e 16h

Botão Voltar ao topo