fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Professores de São José participam de formação no Museu da Língua Portuguesa

Professores estiveram na capital paulista para primeiro encontro presencial no último sábado, dia 20. (Foto: Divulgação/PMSJC)

Professores da rede de ensino municipal iniciaram, no último sábado (20), a participação no projeto “Na sua escola: objetos digitais de aprendizagem”, do Museu da Língua Portuguesa (MLP), em São Paulo.

A parceria, estabelecida entre a Secretaria de Educação e Cidadania e o Museu, irá fornecer capacitação a 12 professores de Língua Portuguesa dos Anos Finais.

Esse percurso formativo abordará os gêneros textuais do currículo com temas relevantes como cultura, arte, tecnologia e acessibilidade.

Após o primeiro encontro presencial na capital paulista, a trilha segue de forma híbrida entre os meses de abril e agosto de 2024. Uma das etapas consiste ainda em uma atividade a ser realizada pelos professores com seus alunos em aula.

O resultado final será a produção de um conjunto de materiais em formatos multimídias, como cadernos educativos, Objetos digitais de Aprendizagem, entre outros, voltados ao uso nas escolas a partir do conteúdo da exposição principal do Museu da Língua Portuguesa.

Cada um dos encontros contará com a participação direta da equipe do Centro de Referência do Museu da Língua Portuguesa (CR MLP) e de consultorias voltadas a tecnologias e educação e acessibilidade, além de especialistas na área do audiovisual.

A parceria atende as necessidades de formação da rede de ensino municipal, focando na produção e distribuição de materiais educacionais de alta qualidade, além de fortalecer e divulgar as iniciativas do Museu da Língua Portuguesa nas comunidades escolares.

Novos horizontes

“Em São José, já atuamos com a Educação 5.0, e estas novidades somam com o trabalho que desenvolvemos com as crianças”, destaca a professora Aline Ribeiro, da Emefi Profª Luiza Maria Cavalcanti Guratti. “Essa geração já está inserida na era digital, então precisamos nos manter atualizados para garantir um ensino moderno e de qualidade”, completou.

De acordo com equipe técnica da Secretaria de Educação e Cidadania, a parceria com o Museu irá beneficiar professores e alunos da rede de ensino municipal: “É uma iniciativa muito positiva, pois o Museu é um espaço de materialização das diversas manifestações linguísticas, possibilitando que os nossos educadores tenham contato com uma experiência além da cotidiana. E quem ganha são os alunos, com professores ainda mais engajados e preparados para propor novas reflexões em sala de aula”.

“Fiquei muito empolgada com a oportunidade de associar os nossos conhecimentos pedagógicos com o acervo do Museu.

Assim, nossas produções on-line ficarão ainda mais ricas e diversificadas”, afirmou Vanessa Sampaio Lanzillotti, professora do Cite (Centro de Inovação Tecnologias Educacionais).

Sobre o projeto

Em sua terceira edição, o projeto “Na sua escola” se propõe a trabalhar com regiões do estado de São Paulo dividido em polos regionais: o Alto do Tietê, o Vale do Paraíba e o Litoral Norte.

O objetivo é a formação de grupos de trabalho com professores representantes dos municípios participantes, que se dedicarão à discussão dos caminhos possíveis para desenvolvimento dos Objetos Digitais de Aprendizagem e na realização de atividades formativas para instrumentalização e fortalecimento das competências digitais das redes de ensino da região.

Estes professores também atuarão como multiplicadores em suas regiões, desenvolvendo ações formativas para suas redes de ensino que partem da ativação destes materiais desenvolvidos, contando com o apoio do Centro de Referência do Museu da Língua Portuguesa na concepção e condução dessas formações.

A primeira edição do projeto contou com a parceria da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, em 2021. Em 2022, a segunda edição foi realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Campinas.

Sobre o Museu

O Museu da Língua Portuguesa (MLP) é uma instituição pública da Secretaria de Estado da Cultura gerida, por meio de contrato, pela Organização Social de Cultura IDBrasil Cultura, Educação e Esporte.

Tem como missão preservar, pesquisar, comunicar e articular o repertório patrimonial da língua portuguesa, em toda a sua dinamicidade, como elemento estruturador da identidade cultural e indicador constitutivo do respeito à diferença.

Durante os 10 anos em que esteve em funcionamento, o Museu recebeu cerca de 4 milhões de visitantes e tornou-se referência internacional como museu de língua e patrimônio intangível.

Com sua reabertura em 31 de julho de 2021, o Museu da Língua Portuguesa conta uma diversificada e intensa programação cultural gratuita e novos espaços reformados e adaptados com recursos de acessibilidade.

O Centro de Referência do Museu da Língua Portuguesa (CR MLP) é o setor da instituição responsável por pesquisar, documentar e difundir as referências patrimoniais materiais e imateriais que compõem o acervo do Museu.

O núcleo elabora projetos voltados para o uso e reuso de conteúdos do acervo, lançando mão de tecnologias e de estratégias colaborativas para ampliar e preservar o repertório patrimonial da instituição e buscar realizar sua difusão de forma a atuar no cumprimento da função social do Museu.

Botão Voltar ao topo