fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Projeto criado por alunas da Etec de São José do Rio Pardo se torna lei

Uso de drogas, lícitas ou não, traz danos aos usuários e, eventualmente, a quem estiver em volta; conscientizar a população sobre o risco foi a solução encontrada pelas jovens

Beatriz, Vitória, Maria Luisa, Ana Carolina, Jady e Ananda: projeto aprovado por unanimidade entre os vereadores. (Foto: Divulgação)

Um projeto de lei proposto por seis alunas da Etec Prof. Rodolpho José Del Guerra, de São José do Rio Pardo, acaba de se tornar lei na cidade onde moram.

Mais precisamente, a Lei Municipal nº 6.421/2024, sancionada pelo prefeito Mario Zanetti na terça-feira (12). A ideia surgiu com a participação das jovens no programa Parlamento Jovem, promovido pela prefeitura, que incentiva estudantes a identificar problemas em sua comunidade e criar leis para saná-los.

A partir da proposta das alunas, o vereador Rafael Kocian seguiu à frente com a ideia. É ele o autor do projeto de lei que obriga a inserção de material educativo sobre o uso de drogas nas mídias publicitárias de todos os eventos realizados no município.

As estudantes da segunda série do Ensino Médio com itinerário formativo em Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Sociais, Ana Carolina Meirelles Tinti, Ananda Marinho de Souza, Beatriz Aparecida Brambilla Facini, Jady Marina Novaes, Maria Luisa Furlan Trinca e Vitória Caetano Brum Baptista elaboraram a lei na disciplina estudos avançados em ciências sociais aplicadas, com o apoio do professor Sérgio Henrique Braz.

“Todos sabemos as consequências do uso de drogas como o álcool, mas muitas vezes as pessoas não pensam que depois voltarão para casa dirigindo, ou que darão trabalho para os outros. Elas não precisam se privar da diversão, mas devem ter consciência dos seus atos”, esclarece Ana Carolina.

Aprovação por unanimidade

As estudantes acreditam que a veiculação dos avisos nos locais em que recebem eventos festivos na cidade pode fazer soar um alerta na consciência de cada um. O que as jovens não esperavam é que o projeto levado aos vereadores pelo programa Parlamento Jovem se tornaria leió ia lei e ainda seria aprovada por unanimidade.

A lei determina que todo material de divulgação impresso ou audiovisual de todos os eventos realizados no município de São José do Rio Pardo destinem 15% do seu espaço para a veiculação de peças educativas sobre o uso de drogas, incluindo as lícitas, como o álcool.

“Com isso, nós esperamos ter uma população mais consciente, que se preocupe não só com seu próprio bem-estar, mas com o de todos”, conclui a estudante.

Botão Voltar ao topo