fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Desenvolve SP aumenta liberação de crédito em 7 das 16 regiões do estado

Na comparação entre o 1º primeiro bimestre de 2023 e os dois primeiros meses de 2024, a maior liberação de crédito ocorreu na região de Marília

Em todo o estado, a Desenvolve SP liberou R$ 91 milhões em crédito no primeiro bimestre de 2024. (Foto: Divulgação)

Sete das 16 Regiões Administrativas do Estado registraram crescimento na liberação de créditos concedidos pela Desenvolve SP na comparação entre os dois primeiros meses de 2024 e o mesmo período do ano passado. A região de Marília registrou o maior aumento (975%) em financiamentos da agência de fomento ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do governo do Estado de SP.

As regiões de Araçatuba (com alta de 160%) e Vale do Paraíba/Litoral Norte (98%) aparecem na sequência dos maiores índices de crescimento no total de créditos concedidos a prefeituras e micro, pequenos e médios empreendedores. Completam a lista das sete regiões com alta, nesta ordem: Franca, Campinas, São José do Rio Preto e Grande São Paulo.

Em todo o estado, foram liberados em janeiro e fevereiro R$ 91 milhões, sendo que mais de 70% para o setor público (prefeituras). Já em relação às Regiões Administrativas, os maiores volumes em financiamentos aprovados foram registrados na Grande São Paulo (R$ 39,2 mi), Campinas (R$ 24 mi), Vale do Paraíba/Litoral Norte (R$ 6,6 mi), Rio Preto (R$ 3,5 mi) e Franca (R$ 3,5 mi).

“Os números da agência no primeiro bimestre deste ano reforçam nosso compromisso de seguir estimulando a economia estadual, o desenvolvimento das cidades, com geração de renda e empregos, e um crescimento sustentável”, destaca o diretor de Negócios da Desenvolve SP, Gustavo Melo Santos.

15 anos

Em março a Desenvolve SP completa 15 anos de atuação e vem cumprindo sua missão de democratizar o acesso ao crédito nos municípios paulistas. Desde 2009, a agência já liberou cerca de R$ 7,2 bilhões em créditos. Metade desse valor foi para financiar projetos de investimentos.

Gestores públicos e empreendedores podem ainda obter financiamento, com taxas e condições melhores que as do mercado tradicional, para ações de inovação, projetos sustentáveis e aquisição de máquinas e equipamentos.

Desde fevereiro o comércio da região central da capital se beneficia com as linhas de crédito da Desenvolve SP. O Governo Paulista disponibilizou R$ 200 milhões para impulsionar empreendedores, em uma ação para requalificar e reocupar o Centro, atrair novos empreendimentos e promover a reurbanização da região.

Botão Voltar ao topo