fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Museu de Pinda convida artistas para exporem suas obras

(Foto: Divulgação/PMP)

O Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina tem como missão preservar e divulgar testemunhos da história de Pindamonhangaba e região para salvaguarda patrimonial e contribuição a reflexões sobre memória, identidade e ocupação do território.

Com esse compromisso, o museu vem, desde 2019, abrindo espaço para artistas locais e regionais exporem seus trabalhos.

No último ano, foram realizadas 24 exposições temporárias. “Essas exposições são as grandes colaboradoras para o dinamismo dos museus.

O visitante sempre é instigado a voltar, pois toda vez que o fizer terá novidades. Isso marcou os últimos anos do museu de Pinda, pois nossos visitantes são maciçamente de público espontâneo e que retorna pelo fator novidade”, explica o gestor cultural Mauro Celso Barbosa.

Outro fator que é levado em consideração pelo gestor é a ideia de tornar o museu conhecido, principalmente pelos pindamonhangabenses.

Das 24 exposições temporárias de 2023, 17 eram de artistas locais, 5 de artistas regionais e 2 de outras localidades do país.

“A ideia é justamente essa, dar visibilidade para os artistas locais, e com isso, trazer a população para dentro do museu para prestigiar aquele amigo artista e assim conhecer as demais histórias que residem dentro desse icônico patrimônio”, acrescenta Mauro.

A temporada de exposições de 2024 está prestes começar e o museu convida interessados em ter suas obras expostas a mandarem seus projetos.

As exposições acontecerão de forma gratuita e os projetos serão analisados e inseridos na agenda do museu. Interessados devem entrar em contato pelo (12) 3648-1779 ou pelo email: [email protected] .

Botão Voltar ao topo