fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

CCR RioSP inicia nova frente de obras em São José dos Campos

Nessa nova fase, os trabalhos acontecerão entre os km 154 e 151

(Foto: Divulgação)

A CCR RioSP iniciou nesta semana uma nova frente de trabalho na Via Dutra em São José dos Campos. Nessa etapa, que compõem a primeira fase das obras iniciadas em maio do ano passado, os trabalhos acontecem entre os km 154 e 151.

Primeiro, com as obras de ampliação das pistas expressas nos sentidos São Paulo e Rio de Janeiro da rodovia. Serão construídas duas novas faixas de rolamento mais uma faixa de acostamento. Na sequência, haverá a construção de novas pistas marginais também nos dois sentidos.

Outra intervenção prevista na região é a readequação de duas passarelas existentes – a do Carrefour e a da Johnson. Todas as obras ocorrerão de forma simultânea.

Inicialmente não haverá interdição de faixas nas pistas expressas da Via Dutra. Mesmo assim a região será toda sinalizada com utilização de barreiras de concreto, cones, supercones, pirilampos, placas e mensagens nos painéis eletrônicos.

A concessionária reforça que ao passar pelo trecho em obras o motorista deve respeitar a sinalização implantada e o limite de velocidade no trecho que será de 60km/h. A previsão de entrega das melhorias é em 2025.

O investimento da CCR RioSP nas obras em São José dos Campos é de cerca de R$ 650 milhões. Além de gerar quase mil empregos diretos e indiretos.

Quando estiverem concluídas, as melhorias na mobilidade irão beneficiar mais de 150 mil motoristas que utilizam esse trecho da Via Dutra, além de contribuir para o desenvolvimento econômico de uma população superior a 2 milhões de pessoas.

Entre os principais investimentos previstos para a região estão:

A construção de aproximadamente 44 km de novas pistas marginais, entre São José dos Campos e Taubaté;
A construção de 3ª e 4º faixas nas pistas expressas, nos dois sentidos da via, num total aproximado de 46km de novas faixas de rolamento;
A remodelação de dois dispositivos de retorno: um no km 139,4 e outro no km 157;
Implantação de duas novas passarelas e readequação de outros nove dispositivos as normas de acessibilidade que darão mais segurança para o pedestre e ciclista atravessar à rodovia.

As melhorias não param por aí. O contrato de concessão prevê ainda investimentos em inovação e tecnologia na região do Vale do Paraíba.

Confira:

13 novas câmeras de CFTV;
80 câmeras DAI (detecção automática de incidentes). Esse sistema tem por objetivo agilizar o atendimento de ocorrências nas rodovias, emitindo alerta ao Centro de Controle Operacional (CCO) para a presença de veículos quebrados ou parados na rodovia ou no acostamento.;
6 novos Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs);
1 Estação Meteorológica;
Todo o trecho da Via Dutra será 100% iluminado e com conectividade para o motorista.

Botão Voltar ao topo