fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Polícia Militar Ambiental impede pesca ilegal no litoral

Mais de 20 kg de peixe foram recolhidos e doados para instituição beneficente

(Foto: Divulgação/SSP-SP)

Dois flagrantes de pesca irregular foram feitos nesta terça-feira (13), no litoral sul. Ambos os flagrantes envolviam uma rede de emalhe, usada na pesca de peixes e crustáceos. Mais de 20kg de peixes foram apreendidos e doados à instituição beneficente.

Durante patrulhamento, uma equipe do 3° Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) encontrou uma rede de emalhe com 100 metros de comprimento, no Rio Ribeira. Como é período de piracema, e portanto, a pesca está proibida no local, a rede foi recolhida. No local não havia nenhum pescador, ninguém foi multado.

Mais a frente, em área de proteção ambiental, que abrange Cananéia, Iguape e Ilha Comprida, a equipe abordou um barco com dois pescadores, que usavam também uma rede de emalhe específica para a pesca de manjuba.

Um dos homens não tinha a carteira de pescador profissional, exigida pela legislação. Ele foi multado em R$2.800,00 e terá que comparecer a Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (SEMIL), para prestar esclarecimentos.

No barco abordado, foram recolhidos 20 Kg de manjuba, que serão doados à Associação Beneficente Lar de Idosos. A embarcação, o motor e a rede de 300 metros também foram apreendidas.

Botão Voltar ao topo