fbpx

Pinda fecha 2023 com mais de 2 mil novas vagas de emprego

No cenário nacional a retração foi de 26,3% e na região do Vale do Paraíba o número de vagas recuou 30,4 %.

Pindamonhangaba apresentou resultado inverso e fechou 2023 na liderança da geração de empregos entre as grandes cidades do Vale do Paraíba, registrando um crescimento de 49,1%. (Foto: Divulgação)

O Ministério do Trabalho e do Emprego do Governo Federal divulgou nesta segunda-feira (30) o balanço da geração de empregos no Brasil e apontou desaceleração na criação de novas vagas no mercado de trabalho, no comparativo com 2022. No cenário nacional a retração foi de 26,3% e na região do Vale do Paraíba o número de vagas recuou 30,4 %. Pindamonhangaba apresentou resultado inverso e fechou 2023 na liderança da geração de empregos entre as grandes cidades do Vale do Paraíba, registrando um crescimento de 49,1%.

Em 2023, a cidade registrou 16.294 admissões contra 14.278 demissões e finalizou o ano com 36.389 carteiras de trabalho assinadas. O saldo positivo de 2.016 vagas no ano passado superou as 1.352 vagas criadas no município em 2022. Nos últimos quatro anos, os dados do Governo Federal indicam que a cidade criou 4.661 novas oportunidades de emprego.

Segundo o último relatório realizado pelo CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), os setores da Construção Civil e Comércio foram os que mais geraram novas oportunidades no mercado de trabalho.

  • Construção Civil – 985
  • Serviços – 754
  • Comércio – 147
  • Indústria – 107
  • Agronegócio – 23

Pinda na liderança
Na região do Vale do Paraíba, apenas 14 cidades tiveram em 2023 desempenho melhor no comparativo com 2022. Pindamonhangaba liderou a geração de empregos com 49,1%, seguida de Taubaté com 19,9% e Guaratinguetá com 19,1%. São José dos Campos registrou saldo positivo, mas com desempenho abaixo do que em 2022. Por outro lado, seis cidades da região registraram mais demissões do que contratações, como Caçapava, Cruzeiro, Tremembé, Jambeiro, Roseira e Canas.

Para a Prefeitura de Pindamonhangaba, a expectativa é que os números continuem em expansão. Diversas empresas do ramo de serviços e comércio estão em processo de implantação. A maior aposta do município é a chegada da Rede Graal com previsão de inauguração no primeiro trimestre deste ano com expectativa de geração de mais de 200 empregos diretos.

“Fechamos 2023 com cenário muito positivo, com crescimento maior que o próprio Estado de São Paulo e o índice nacional. Estamos recebendo diversas novas empresas e isso aquece também o ramo de serviços e comércio. Em breve duas novas academias estarão se instalando na cidade incrementando o setor fitnes e de atividades físicas. Inauguramos a loja representante da Pirelli em dezembro, o Hotel Intercity está ampliando suas instalações e muitas outras novidades estão chegando”, afirmou o prefeito Dr. Isael Domingues.

No setor industrial a aposta está na expansão de grandes empresas como Novelis e Grupo Simec e o lançamento do edital de concessão de direito real de uso de três áreas para fins de industrialização. A concessão será feita por processo licitatório e não haverá transferência de propriedade, ou seja, o município permanecerá proprietário da área concedida. A ação prevê a concessão de uso para três propriedades, sendo duas no Distrito Industrial Feital (uma área de 2.720 m² e outra área de 5.000m²) e uma outra no Distrito de Moreira (área de 7.633m², localizada próxima a Confab Tubos).

Botão Voltar ao topo