fbpx

Flamengo vence nos pênaltis e está nas semifinais da Copinha

(Foto: Jhony Inácio/Agência Paulistão)

O Flamengo segue em busca do seu quinto título da Copinha Sicredi. Após empate por 1 a 1 no tempo normal, o time carioca superou o Aster Itaquá nos pênaltis por 4 a 3, e avançou para as semifinais do torneio.

No estádio José Liberatti, em Osasco, o destaque na noite desta sexta-feira ficou por conta do goleiro Lucas Furtado, que defendeu duas cobranças.

Classificado, agora o Flamengo aguarda o vencedor de Coritiba e Cruzeiro, que ainda jogam pela outra chave das quartas de finais. A outra semifinal já está definida, com Corinthians e Novorizontino lutando por uma vaga na decisão.

Surpresa na Copinha, o Aster iniciou a partida pressionando o Flamengo no campo de defesa. Gustavo quase abriu o placar para o time de Itaquaquecetuba, tirando tinta da trave. De tanto volume ofensivo, o time paulista abriu o placar aos 20, com Gabriel, que acertou belo chute colocado.

Aos poucos, o Flamengo foi equilibrando as ações ofensivas e tentou buscar o empate, principalmente pelo jogo aéreo, mas pouco assustou.

Na volta do intervalo, o jogo aéreo do Flamengo deu resultado. Após cobrança de escanteio, o artilheiro Wellinton deixou tudo igual de cabeça, aos três minutos.

Após o empate, o jogo ficou quente. Gustavinho quase colocou o Aster na frente em cobrança de falta, enquanto Wallace Yan bateu por cima do travessão. Apesar das duas equipes buscarem o gol, a partida se encaminhou para as penalidades.

Nas cobranças, Lucas Furtado defendeu a batida de Dieguinho e Yago deixou o Flamengo em vantagem. Após os times manterem o 100%, na quinta e decisiva cobrança, Lucas pegou o chute de Gabriel e garantiu o Flamengo nas semifinais, com o placar de 4 a 3.

Com 128 times divididos em 32 grupos, a competição terá sete fases. A primeira, em que se classificam as duas melhores equipes de cada chave, se encerra no dia 11 de janeiro. A partir da segunda etapa, a competição é disputada em mata-mata com disputa de pênaltis em caso de empate.

A decisão será no dia 25 de janeiro, quando será comemorado o 470º aniversário da cidade de São Paulo.

Botão Voltar ao topo