fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

O que saber antes de contratar o seguro da sua moto?

Tipos de cobertura e a reputação da seguradora devem passar por avaliação

Tipos de cobertura e a reputação da seguradora devem passar por avaliação. (Foto: divulgação/Adobe Stock )

Investir na compra de uma moto significa para muitas pessoas ter mais liberdade, funcionalidade e rapidez para se deslocar pela cidade. Em meio a uma vida tão agitada que boa parte das pessoas levam, aderir a este meio de transporte é uma ótima escolha.

Porém, para desfrutar de todas as vantagens desse veículo é preciso considerar contratar um seguro moto, com o objetivo de garantir que a moto esteja protegida contra acidentes e roubos.

Pensando nisso, confira na sequência quais critérios devem ser levados em consideração na hora de contratar um seguro de moto!

Coberturas básicas e adicionais

Antes de definir qual será o seguro da moto, o condutor precisa pesquisar e avaliar quais são as coberturas básicas e adicionais oferecidas pelas seguradoras.

É importante lembrar que as coberturas básicas são obrigatórias e, portanto, precisam ser contratadas. Por outro lado, os serviços adicionais podem ser incluídos ou não na apólice, dependendo da necessidade do condutor

Os serviços básicos mais comuns que constam em um contrato de seguro são: cobertura para dano integral ou parcial por incêndio, colisão, roubo ou furto.

Já o formato com itens adicionais prevê remoção, assistência de pane seca e proteção a danos de terceiros e despesas extraordinárias, como reembolso para despesas de luva e capacete.

Conjunto de benefícios

Além das coberturas, é preciso verificar alguns diferenciais que a seguradora oferece antes de fechar a contratação.

Existem algumas seguradoras que oferecem, por exemplo, assistência 24 horas para a moto e descontos especiais em oficinas conveniadas.

Reputação de mercado

É importante dar preferência para seguradoras que tenham sólida reputação de mercado, com eficiência comprovada dentro do segmento.

Quando a pessoa está atenta a esse detalhe, menor é a chance dela se frustrar com o serviço e ter algum prejuízo financeiro.

Cláusulas do contrato

Antes de fechar o contrato, o condutor deve ler atentamente todas as cláusulas e verificar se todos os dados da moto estão corretos.

Caso o proprietário da motocicleta avalie ser necessário, é válido que ele procure um advogado para tirar mais dúvidas sobre o documento.

Quais as vantagens de um seguro de moto?

Além dos pontos de atenção na hora de contratar um seguro para moto, outro aspecto fundamental é saber mais sobre os diferenciais que essa modalidade de apólice oferece. Pensando nisso, veja abaixo alguns benefícios de ter um seguro.

Prevenção contra roubo e furto

Quando ocorre esse tipo de ocorrência, o condutor tem a segurança de que receberá o valor da moto caso ela não seja recuperada. O ressarcimento tem como base a tabela FIPE e o segurado tem acesso ao montante em aproximadamente 30 dias, dependendo da seguradora.

Por outro lado, caso a moto tenha sido encontrada com danos, ela será avaliada e caso seja possível recuperá-la, o segurado paga a franquia e assume todos os custos do conserto.

Proteção contra acidentes

O seguro de moto com cobertura para acidentes tem 3 pontos em relação às vantagens que o torna uma excelente opção. Confira mais detalhes!

  • Proteção financeira contra despesas médicas e reparos;
  • Assessoria jurídica para cobrir custas judiciais em caso de acidente;
  • Pagamento de indenizações nas situações de lesões graves ou falecimento do motorista, ou para a família de um passageiro.

Proteção contra terceiros

Essa vantagem consiste em uma cobertura que oferece proteção em relação a danos materiais e morais causados a terceiros envolvidos em acidentes.

Além disso, ele é um importante dispositivo quando uma terceira pessoa ajuíza uma ação contra o segurado, e a seguradora assume o valor fixado na indenização.

Como fechar o contrato de seguro para sua moto?

É fundamental avaliar qual a reputação da seguradora, itens que estão previstos na apólice, entre outros aspectos.

Além disso, antes de fechar o contrato, é importante ler com atenção todas as cláusulas do documento e, caso julgue necessário, buscar orientações com um advogado antes de formalizar o acordo.

Botão Voltar ao topo