fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Sessenta estudantes tiram nota mil na redação do Enem

Na edição anterior, apenas 18 candidatos alcançaram a nota máxima

Na edição anterior, apenas 18 candidatos alcançaram a nota máxima. (Foto: © Rafa Neddermeyer/Agência Brasil)

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que 60 candidatos tiraram nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023.

Na edição anterior, em 2022, apenas 18 candidatos alcançaram a nota máxima.

Os números mostram que, do total de 60, apenas quatro candidatos são oriundos da rede pública de ensino, sendo que 40% do total dos estudantes que participaram do exame nacional são da rede pública.

Tema

Para o diretor de Avaliação da Educação Básica do Ministério da Educação, Rubens Lacerda, o principal motivo para o aumento de notas mil na redação foi o tema: desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil.

“Foi um tema relevante socialmente, discutido amplamente. Isso permitiu que as pessoas tivessem condição para discutir esse tema com, não vou dizer facilidade, mas uma certa fluidez. E isso permitiu o aumento das notas mil este ano.”

46% dos estudantes da rede pública fizeram a prova

Menos da metade dos estudantes da rede pública que estavam no fim do Ensino Médio fizeram o Enem no ano passado. O índice nessa edição foi de 46%.

Apesar de um aumento em relação à edição de 2022, que teve uma participação de apenas 38% dos concluintes do Ensino Médio, o ministro da Educação, Camilo Santana, disse que a baixa adesão preocupa.

Segundo ele, o Inep vai fazer uma pesquisa para entender os motivos.

Mais de um milhão de estudantes, que tiraram 570 pontos na prova, poderiam concorrer a 840 cursos em instituições superiores públicas pelo Sisu.

No Prouni, com 509 pontos, mais de 60% dos participantes podem disputar uma bolsa em um quarto dos cursos disponíveis.

O diretor de Avaliação da Educação Básica, Rubens Lacerda, destacou a possibilidade de acesso ao ensino superior.

O Enem 2023 recebeu mais de quatro milhões de inscrições, mas apenas 2,7 milhões de alunos fizeram a prova.

As notas médias foram de 516 em linguagens, 522 em ciências humanas, 497 em ciências da natureza e 534 em matemática. Na redação, a nota média foi 641. Sessenta estudantes tiraram a nota 1000, a máxima.

Botão Voltar ao topo