fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

BMX Estilo Livre 2024 confirmado para o mês de janeiro em São Paulo

As disputas serão de Dirt Jumping, que é praticado em rampas de terra, com alturas e distâncias variadas, podem ser rampas únicas, doubles, ou sequências chamadas de trails

BMX Estilo Livre 2024. (Foto: André Vasconcelos)

Os principais nomes do país e destaques do exterior do BMX estilo livre estarão mais uma vez reunidos em São Paulo. Entre os dias 26 e 28 de janeiro de 2024, na pista do Caracas Trail, em Carapicuiba (SP), acontecerá a sétima edição do BMX Estilo Livre 2024, um dos principais eventos do calendário nacional da modalidade e que já se tornou sinônimo de adrenalina, radicalismo e muita técnica. As finais do torneio ocorrerão no domingo, dia 28, e serão transmitidas ao vivo para todo o Brasil na Globo, dentro do Esporte Espetacular.

As disputas serão de Dirt Jumping, que é praticado em rampas de terra, com alturas e distâncias variadas, podem ser rampas únicas, doubles, ou sequências chamadas de trails. As manobras são uma mistura das manobras vistas no vert com os grandes saltos do bicicross. Ou seja, de tirar o fôlego do começo ao fim.

Atletas brasileiros e estrangeiros estarão lutando pelo título e serão confirmados em breve. Mas três nomes de respeito já têm presença garantida. São eles Leandro Overall, vencedor de seis das sete edições realizadas, inclusive no ano passado, Gustavo Balaloka, campeão em 2022, e o norte-americano Anthony Napolitan, uma das feras mundiais do BMX Estilo Livre.

A programação começará no dia 25, com treinos livres. No dia 26 será a vez dos treinos oficiais, enquanto as sessões classificatórias ficarão para o dia 27, com transmissão pelo Canal SporTV. A final no domingo, dia 28, reunindo os oito mais bem colocados.

O formato de disputa do evento prevê duas fases, a de qualificação e a final. Na primeira, serão duas voltas, que ao final apontarão os oito mais bem classificados para a fase final. Na final, serão três voltas, valendo a média das duas melhores. Em caso de empate, serão considerados pelo maior número de resultados expressivos e, se mesmo assim continuarem iguais, o critério será feito pela quantidade de manobras em cada rampa.

A avaliação do BMX Estilo Livre é feita por três jurados, sendo um deles o chefe (head judge). Estes avaliarão o desempenho dos atletas baseados em cinco critérios de julgamento: estilo, perfeição de execução das manobras, dificuldade de execução das manobras, suavidade e fluidez nos saltos e não pedalar. Além disso, a avaliação leva em conta as manobras executadas com estilo e segurança. O resultado será a média da pontuação dos três juízes, sendo descartadas as notas mais alta e mais baixa.

Programação
26/01 – Treinos Oficiais
27/01 – Classificatória – SporTV
28/01 – Finais – TV Globo ao vivo

Classificação de 2023
1. Leandro Moreira Overall (BRA), 88,64;
2. Gustavo Batista “Balaloka”(BRA), 86.58;
3. Gabriel Chaves (ARG), 86.24;
4. Felipe Manerim (BRA), 82.46;
5. Nicolas Jurado (COL), 81.53;
6. James Foster (EUA), 78.09;
7. Jorge Arias Ceballos (COL), 73.08;
8. Ezequiel Helmreich (ARG),70.66

Botão Voltar ao topo