fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Contribuintes de Pinda devem fazer cadastro digital para acesso ao IPTU 2024

IPTU 2024 estará disponível para consultas a partir de 10 de janeiro

Vista geral de Pindamonhangaba. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Os contribuintes de Pindamonhangaba que ainda não fizeram cadastramento digital pelo site da Prefeitura precisam se inscrever na plataforma para receberem o IPTU 2024, além de taxas e outros impostos, como ISS Fixo e Taxas de Localização e Funcionamento, que estarão disponíveis pela internet para todos. Quem já efetuou o cadastro em anos anteriores, não precisa fazer novamente.

O cadastro deve ser feito pelo link . A ação é rápida, prática e segura e pode ser realizada pelo computador, tablet ou até pelo celular – proporcionando conforto e facilidade às pessoas. Como não há mais carnês físicos desde 2022, é fundamental que os contribuintes façam cadastro na plataforma digital para receber eletronicamente seus tributos sem perder prazos.

IPTU 2024 estará disponível para consultas a partir de 10 de janeiro
Os carnês digitais do IPTU 2024 estarão disponíveis para consultas a partir do dia 10 de janeiro pelo site da Prefeitura www.pindamonhangaba.sp.gov.br. Além disso, os contribuintes que fizerem cadastro digital vão receber e-mails sobre o tributo.

Para 2024, a Secretaria de Finanças estima mais 82 mil matrículas de imóveis. Novamente o vencimento da primeira parcela ou cota única será dia 15 de março. Mas quem quiser já pode efetuar pagamento a partir de 10 de janeiro.

Quem pagar à vista terá 10% de desconto; quem optar por duas vezes terá 5% de abatimento; quem fizer o pagamento em mais parcelas ganhará 2% de desconto, se pagar o tributo em dia.

O IPTU poderá ser parcelado em até 10 vezes, desde que cada parcela não seja inferior a R$ 62,32 – que será metade da UFPM (Unidade Fiscal do Município de Pindamonhangaba) do próximo ano.

O reajuste da UFMP para 2024 será de 3,31% – de acordo com o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Botão Voltar ao topo