fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Botafogo passa pelo Inter nos pênaltis e garante vaga na final da Copinha Feminina

Foi com emoção que o Botafogo se tornou o primeiro time a ir para uma final da Copinha Feminina. No jogo único da semifinal desta quarta-feira (13), o time carioca buscou o empate no tempo normal por 1 a 1 e venceu o Internacional nos pênaltis, por 5 a 4, no estádio Nicolau Alayon, em São Paulo.

Na final, o Botafogo agora aguarda o vencedor de Flamengo-RJ e São Paulo, que jogam a outra semifinal nesta quinta-feira (14), no Conde Rodolfo Crespi.

Na fase de grupos, as duas equipes avançaram com 100% de aproveitamento, com o Internacional terminando na liderança do Grupo B e o Botafogo na Chave D.

A primeira semifinal da Copinha Feminina começou quente. Pressionando a saída de bola, o Botafogo quase abriu o placar, mas parou em grande defesa da goleira do Internacional.

Aproveitando os espaços, o time gaúcho abriu o placar. Tamara foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Priscila, que só completou para as redes, aos minutos. Baixando a intensidade, quase o empate carioca veio nos acréscimos, mas novamente Mari Ribeiro fez outra grande defesa à queima roupa.

A segunda etapa manteve o mesmo panorama. O Botafogo era mais perigoso ofensivamente, porém seguiu parando na grande partida da goleira Mari Ribeiro, que realizou pelo menos três grandes defesas para evitar o empate.

De tanto insistir, o time carioca venceu a goleira do Internacional, aos 35. Em cruzamento da direita, Duda Basílio acertou belo arremate para deixar tudo igual e levar a partida para as penalidades.

Nas penalidades, o Internacional saiu na frente, com Mari Ribeiro pegando a cobrança de Nicole. Até a quinta e última cobrança, os times mantiveram o 100% até Mileninha acertar o travessão e deixar o Botafogo vivo na disputa.

Nas alternadas, Guima balançou as redes e Danny Teixeira parou em Zanella, que colocou o time carioca na final da primeira edição da Copinha Feminina.

Botão Voltar ao topo