fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Rio Comprido em São José recebe 1ª estação meteorológica da Defesa Civil

Estações meteorológicas nos bairros serão a nova ferramenta da Defesa Civil de São José dos Campos. (Foto: Claudio Vieira/PMSJC)

O bairro do Rio Comprido, na região sul de São José dos Campos, foi o primeiro a receber a instalação da nova estação meteorológica da Defesa Civil. O equipamento vai auxiliar no monitoramento das áreas de risco da região.

A empresa vencedora da licitação já iniciou as instalações e outros bairros da cidade também receberão os equipamentos. Ao todo, serão 35 estações com sistema de captação de chuva (pluviômetros) e conectadas diretamente ao CSI (Centro de Segurança e Tecnologia).

Os pluviômetros são instalados no alto de um poste de aproximadamente 5 metros de altura, devidamente identificados como Estação Meteorológica, e, entre outras informações, vai permitir a verificação online do volume de chuva.

Nupdec

Com a instalação do equipamento, a Defesa Civil realizou uma reunião com moradores do bairro para a criação do Nupdec (Núcleo de Proteção e Defesa Civil) do Rio Comprido.

Na reunião, os agentes explicaram pra que serve o Nupdec, como funciona a estação meteorológica, destacaram também a importância da participação da comunidade para entender as formas de prevenção de desastres naturais e como identificar os sinais de alerta para deslizamentos e inundações.

“O Nupdec será muito importante para que a comunidade entenda não somente os riscos da região como também as formas de prevenção e as ferramentas de comunicação que termos com eles com a chegada desta estação meteorológica”, destacou o supervisor da Defesa Civil, Orlando Santos.

O Nupdec do Rio Comprido é o primeiro na região sul e o quarto núcleo do município: Vista Verde (região leste), Jardim Limoeiro (zona oeste) e São Francisco Xavier (região norte).

Prevenção

Junto das estações meteorológicas haverá uma rede de comunicação, incluindo o envio de mensagens de alerta por SMS às pessoas.

Outra ferramenta importante para a Defesa Civil será a implantação de um software para o gerenciamento de risco, ações de prevenção e relatórios digitais.

Botão Voltar ao topo