fbpx

Plano de Desenvolvimento de Território Criativo é lançado em São José do Barreiro

Projeto tem como foco o Vale Histórico e envolve nove municípios: Arapeí, Areias, Bananal, Cachoeira Paulista, Cruzeiro, Queluz, Lavrinhas, São José do Barreiro e Silveiras

Projeto tem como foco o Vale Histórico e envolve nove municípios: Arapeí, Areias, Bananal, Cachoeira Paulista, Cruzeiro, Queluz, Lavrinhas, São José do Barreiro e Silveiras. (Foto: Ricardo Matsukawa/Sebrae-SP)

O Sebrae-SP lançou oficialmente o Plano de Desenvolvimento de Território Criativo para o Vale Histórico. A cerimônia aconteceu no auditório da Prefeitura de São José do Barreiro e contou com mais de 80 pessoas entre autoridades públicas da região, secretarias de desenvolvimento e empresários e empresárias da região.

O objetivo do projeto é identificar os desafios e desenvolver as potencialidades criativas de diversos segmentos do Vale Histórico, como gastronomia, artes, artesanato, música e turismo. As ações que serão trabalhadas vão promover a convergência entre o que o território apresenta de diferencial e a potência do empreendedorismo na região dos nove municípios envolvidos: Arapeí, Areias, Bananal, Cachoeira Paulista, Cruzeiro, Queluz, Lavrinhas, São José do Barreiro e Silveiras.

“A história do Brasil foi forjada nessa região e temos muito para mostrar entre valores históricos, culturais, gastronômicos e atrativos naturais. Queremos gerar renda para o Vale Histórico por meio de grandes experiências aos turistas de São Paulo e outras regiões dando luz ao trabalho dos pequenos negócios locais que possuem produtos artesanais e experiências incríveis que hoje ficam restritos à localidade”, destaca o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Nelson Hervey Costa.

Para o diretor técnico do Sebrae-SP, Marco Vinholi, o Plano de Desenvolvimento de Território Criativo chega para agregar o trabalho que já é feito pelo consórcio de municípios do Vale Histórico com a expertise do Sebrae em mobilizar os empreendedores. “Vamos trabalhar as vocações e produções locais que são únicas transformando em diferenciais competitivos importantes. A economia criativa é um dos segmentos que move o mundo, representando 7% do PIB mundial. Temos certeza de que o Vale Histórico pode contribuir com o aumento desse número nos próximos anos”.

Presidente do Consórcio Intermunicipal Novo Vale e Prefeito de São José do Barreiro, Lê Braga comemora o lançamento do projeto e a parceria com o Sebrae-SP. “Hoje celebramos a união de esforços para impulsionar o desenvolvimento em nossos municípios. O plano busca não apenas promover a criatividade, mas também estimular o empreendedorismo local destacando a importância da inovação como catalisador do crescimento econômico e sustentável. Nossas pequenas cidades dependem muito desse apoio técnico que o Sebrae-SP vem dando e agradecemos muito por esse trabalho”, agradece.

Próximos passos

O Plano de Desenvolvimento de Território Criativo agora segue com as entrevistas e visitas técnicas em diversos pequenos negócios da região e também com personalidades locais e um trabalho amplo de pesquisa nos municípios captando as singularidades pelos olhares de quem vive no Vale Histórico. Já a partir de janeiro serão aplicadas oficinas com empreendedores e empreendedoras a fim de prepará-los para o trabalho desse potencial de forma ampla e estratégica para fora do Vale. Este trabalho de curadoria e produção do plano será realizado pela Garimpo de Soluções.

Expertise do Sebrae-SP

Este será o segundo projeto com este foco elaborado pelo Sebrae-SP. Há três anos, em agosto de 2020, foi lançado o plano estratégico de economia criativa “Dá Gosto Ser do Ribeira”, no Vale do Ribeira. O programa desenvolve os negócios locais a partir da valorização de singularidades, potencialidades e oportunidades da região. Ao todo são 25 ações focadas em três eixos principais: ecoturismo, alimentação/gastronomia e artesanato, com especial atenção aos saberes, à história, às culturas tradicionais caiçaras, indígenas e quilombolas, à imigração japonesa e ao contexto do empreendedorismo inovador alinhado às práticas e potencialidades existentes.

Botão Voltar ao topo