fbpx

Pinda participa do 22º Observatório Internacional de Democracia Participativa

(Foto: Divulgação/PMP)

Pindamonhangaba participou, na última semana, da 22ª edição do Observatório Internacional de Democracia Participativa, no Rio de Janeiro.

O evento teve por um dos objetivos principais promover uma discussão profunda e relevante sobre a importância das políticas públicas antirracistas, e o que faz uma cidade antirracista, e assinatura do INDEPIR (Índice de Monitoramento do Desenvolvimento das Políticas de Promoção da Igualdade Racial, criado no âmbito do Pacto de Combate ao Racismo e Promoção da Igualdade Racial e da Rede Global de Cidades Antirracistas, bem como a discussão da democracia participativa a partir da perspectiva dos Direitos Humanos em todas as esferas do poder público.

De acordo com a representante de Pindamonhangaba no evento, a diretora de Direitos Humanos da Prefeitura, Cidinha Pedroso, foram realizados painéis relevantes de discussão com os seguintes temas: Democracia Participativa e Deliberativa no Brasil: desafios sobre inclusão, integração e poder real; Inclusão e diversidade; O que faz uma cidade antirracista? Propondo uma agenda de ação local; Face a Face Participação presencial e digital no processo orçamentário: Sinergias e conflitos; Cidades – motores do próximo paradigma democrático:

Como será o próximo paradigma democrático para as cidades? Pesquisa e Formação em Raça, Gênero e Justiça Racial; Qual o futuro da Administração Pública? Os aprendizados de Governo Aberto no Brasil e as oportunidades para o Mundo; Espaços para Diálogo e Interpelação Cidadã (EDIC): uma abordagem de responsabilidade social para promover a democracia participativa; Sistemas de participação: conceito, modelos e desafios; Conectando cidades e construindo comunidades no Sul Global; e Orçamento Participativo em todo o mundo: difusão, transformações e impacto.

Botão Voltar ao topo