fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Jacareí recebe Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul

Jacareí recebe Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul, na celebração dos 29 anos da instituição

Jacareí recebe Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul, na celebração dos 29 anos da instituição. (Foto: Divulgação/PMJ)

O auditório do SENAI, em Jacareí, foi palco de uma celebração marcante, que resgatou a história dos 29 anos do Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul (CBH PS). O evento, que aconteceu na quinta-feira (23), reuniu autoridades, representantes de instituições e a comunidade local em um momento de diálogo enriquecedor e apresentações impactantes.

O Comitê desempenha um papel fundamental na gestão sustentável dos recursos hídricos e no desenvolvimento econômico da região. Ao longo desses anos, mais de R$ 170 milhões foram deliberados para mais de 400 projetos voltados à preservação e revitalização da bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul. Ele tem como missão institucional garantir água de qualidade e em quantidade para todos, por meio de uma gestão eficiente e transparente. Além disso, tem como impacto social, a garantia na qualidade de vida das comunidades locais e na geração de emprego e renda para mais de 2 milhões de pessoas, diretamente e indiretamente.

Presente no evento, Claude Mary de Moura, destacou a importância do momento “Quero parabenizar todos que aqui estão e tem o compromisso com o meio ambiente. O comitê apoia as ações locais e nós não podemos esperar que as soluções venham de fora, de grandes nações. A gente tem que trabalhar unido, ao lado de gente inspiradora, técnicos, associações, e estamos orgulhosos do que vem sendo feito”, pontuou.

Diversas autoridades estiveram presentes, incluindo a presidente do Comitê, Maria Eduarda San Martin, o vice Renato Traballi Veneziani, o secretário executivo do CBH Serra da Mantiqueira, Nazareno Mostarda, representando a secretária executiva do Comitê, Márcia Eliza, o prefeito de Jacareí, Izaias Santana, o presidente do CEIVAP, Marcelo Manara, e a diretora do Centro Tecnológico de Hidráulica do DAEE, Viviana Borges, representando a superintendente do DAEE, Mara Ramos, do Governo do Estado de São Paulo.

“Estou como presidente pela primeira vez, passando por este momento de celebrações. Fico muito feliz da integração daqueles que lutaram lá atrás para construir tudo que nós temos hoje. Então, o que quero fazer, é contribuir ainda mais, mas, principalmente, permanecer o legado da história e das contribuições de tantas pessoas importantes e queridas do Comitê”, encerrou a presidente do Comitê e secretária de Meio Ambiente de Pindamonhangaba, Maria Eduarda San Martin.

O CBH-PS: resgatando sua história

O Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul (CBH-PS) foi o quarto colegiado a ser instalado no Estado de São Paulo. Criado em 25/11/1994, através da Lei 9.034/94, é composto por 36 representantes (titulares e suplentes) dos três segmentos, sendo 12 representantes para cada segmento, que o compõem: Estado, Prefeituras Municipais e Sociedade Civil. Ele delibera sobre a gestão das águas no território paulista. O estado de São Paulo foi dividido em 22 Unidades de Gerenciamento de Recursos Hídricos (UGRHI) e a bacia do rio Paraíba do Sul está na UGRHI 2, com uma área de drenagem de 14.444 km². No trecho paulista, existem três reservatórios principais: Paraibuna/Paraitinga, Santa Branca e Jaguari – com uma grande capacidade de armazenamento de água com destaque para Paraibuna/Paraitinga.

Botão Voltar ao topo