fbpx

São Paulo fica no empate diante do Athletico em Curitiba

O São Paulo foi até Curitiba visitar o Athletico-PR neste domingo (29), na Ligga Arena, pela 30ª rodada do Brasileirão. O embate rapidamente teve seus números finais, após gols de Pablo, para os mandantes, e de Pablo Maia, como resposta para o time paulista, fechando o 1 a 1.

A vitória manteve o Athletico fora do G-6, agora com 49 pontos, empatado com o Atlético-MG, que venceu na rodada e está logo acima. O São Paulo segue na 10ª colocação, com dez pontos a menos, a sete pontos de distância do atual primeiro time da zona de rebaixamento.

O Athletico é o mandante há mais tempo sem perder no Brasileirão, com 12 rodadas sem derrotas em casa (seis vitórias e seis empates), sendo que o Grêmio foi o único a superar o time paranaense em 15 jogos como mandante.

Já o São Paulo segue sem vencer fora de casa em todo o campeonato e é o segundo pior visitante da competição, com sete empates e oito derrotas em 15 jogos longe do Morumbi.

Como de praxe, o Athletico começou bem o confronto na Ligga Arena, e já mostrou como seria sua postura logo no início. Não demorou muito para Vitor Bueno e Pablo, juntos, mostrarem como a lei do ex funciona, já que o meia se aproximou da linha de fundo e cruzou na cabeça do centroavante, abrindo o placar com certa facilidade, aos seis minutos.

O São Paulo demonstrou resiliência e não demorou a ser recompensado. Wellington Rato cobrou escanteio do lado direito e Pablo Maia fez boa movimentação para ir de encontro com a bola, subir sozinho e empatar o jogo depois de uma cabeçada em cheio, colocando o 1 a 1 com apenas nove minutos de jogo.

O jogo seguiu elétrico com oportunidades para os dois lados. Vitor Bueno conseguiu boa finalização de fora, em sua característica, bem parada por Rafael. Na resposta, Erison soltou uma pancada, mas Bento espalmou. Canobbio foi lançado ao ataque e também teve uma boa oportunidade, mas depois de muito brigar, acabou finalizando em cima do goleiro são paulino.

A segunda metade foi definida pelas marcações, que cada vez chegaram mais juntas e dificultaram os processos de criação, principalmente nos campos de ataque.

Durante os últimos minutos, o técnico Wesley Carvalho abriu mão de parte dos jogadores de defesa e meio de campo para reforçar as opções no ataque. Sem sofrer lá atrás, o plano seguia plausível, mas o time da capital paranaense não conseguiu alcançar o segundo gol e saiu de campo sem levar os três pontos.

O Athletico volta para disputar a 31ª rodada do Brasileirão na próxima quarta-feira (01), às 19h, quando visita o Corinthians na Neo Química Arena, enfrentando novamente um adversário paulista.

Enquanto isso, o São Paulo retorna ao Morumbi, onde venceu todos os dez confrontos no torneio, para receber o Cruzeiro na quinta-feira (02), às 20h.S

Botão Voltar ao topo