fbpx

Corinthians e Santos empatam na Neo Química Arena

Apesar da expectativa de um grande jogo entre Corinthians e Santos na Neo Química Arena, neste domingo (29), o protagonismo do duelo da 30ª rodada do Brasileirão ficou só do lado mandante, que saiu à frente com gol contra de Jean Lucas. No entanto, o time da baixada contou com um pênalti de Mendoza nos acréscimos para empatar por 1 a 1.

Com o empate na Arena, os paulistanos foram a 37 pontos, mas seguem na 14ª colocação, apenas cinco tentos da degola. O respiro do Santos é ainda menor, já que são 34 pontos somados em 30 jogos mantém o time na 16ª posição, e apenas dois tentos a frente do Goiás, 17º colocado.

O Corinthians começou impondo ritmo na chuvosa noite de domingo na Neo Química Arena, e não demorou muito para o Santos ter problemas. João Basso foi disputar uma bola aérea, e no salto acabou se lesionando, rapidamente pedindo substituição e dando lugar a Messias.

Aos 13 minutos surgiu a primeira oportunidade, quando Fausto Vera se posicionou para pegar a sobra, matou a bola na caixa e soltou uma paulada de fora da área sem deixar cair, mas João Paulo fez bonita ponte para frear o rival. Com 15 minutos foi a chance de Yuri Alberto tentar a lei do ex, mas novamente parou no goleiro.

Dois minutos depois foi a chance do Santos chegar em cobrança de escanteio. A bola de Lucas Lima foi cabeceada por Joaquim, e no bate-rebate sobrou para Dodô sozinho na entrada da pequena área, fácil fácil para abrir o placar. No entanto, um impedimento foi detectado e o gol anulado.

Aos 33 minutos, Yuri Alberto fez bom pivô e tocou para Renato Augusto, que desajeitado tentou finalizar, mas mandou a bola fraca e sem direção. Acreditando no lance, Romero colocou a cabeça na bola e até vai às redes, mas o gol também foi anulado por impedimento.

No segundo tempo o cenário foi o mesmo, com o Corinthians bem mais agudo que o Santos, que sequer conseguia organizar criações ofensivas. Com 12 minutos no relógio, Fagner cobrou escanteio, Romero desviou e João Paulo defendeu a finalização à queima roupa de Yuri Alberto. No entanto, Jean Lucas, livre de marcação, acabou chutando a bola contra a própria meta e abrindo o placar a favor do rival.

Em alguns lapsos, o Santos até chegou a criar algumas oportunidades, principalmente envolvendo o ágil Soteldo, naturalmente em jogadas pela esquerda. Foi justamente em jogada dele que o time da baixada conseguiu um pênalti a seu favor, quando Bruno Méndez derrubou o atacante.

Apesar de toda a expectativa para a cobrança, depois de muita checagem no VAR e uma longa parada, Soteldo se posicionou, beijou a bola, mas a entregou para Mendoza cobrar. O colombiano bateu firme no meio da meta, enquanto Cássio caiu para a esquerda, e o empate em 1 a 1 foi decretado na Neo Química Arena.

Na 31ª rodada do Brasileirão, o Corinthians é o primeiro quem volta a campo, novamente na Neo Química Arena, para receber o Athletico-PR, na quarta-feira (01), às 19h.

No mesmo dia, o Santos visita o Flamengo para um confronto que acontecerá no mesmo dia, no Mané Garrinha, em Brasília, às 20h.

Botão Voltar ao topo