fbpx

Homicídios dolosos caem 5,9% em setembro no estado de São Paulo

Estado registrou 238 casos no mês passado

Estado registrou 238 casos no mês passado. (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

O mais recente balanço sobre as estatísticas criminais revelou que os casos de homicídios dolosos ou intencionais continuam em queda no estado de São Paulo. Segundo dado divulgado na quarta-feira (25) pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o estado registrou 238 casos de homicídios dolosos no mês de setembro, queda de 5,9% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Entre janeiro e setembro, foram registrados 1.931 homicídios dolosos, 9,6% a menos que no mesmo período de 2022. Segundo a secretaria, esse é o menor número já registrado para o período desde 2001, quando a série histórica foi iniciada.

Por outro lado, os estupros continuam crescendo no estado. Em setembro foram registrados 1.249 estupros, contra 1.237 no ano passado. Considerando-se o período entre janeiro e setembro, foram registrados 10.803 casos, alta de 8,6% em relação a igual período de 2022. Segundo a secretaria, o crime de estupro é o que enfrenta o maior índice de subnotificação, ou seja, o número de casos pode ser ainda maior do que o denunciado. Apesar disso, a secretaria informa que o aumento no número de casos neste ano de 2023 pode ser resultado de um aumento das denúncias.

O crime de latrocínio (roubo seguido de morte) também apresentou queda em setembro, passando de 19 casos no ano passado para 16 neste ano. Para a secretaria, a redução dos indicadores de crimes que resultam em morte, como os homicídios e latrocínios, é resultado “da atuação das forças policiais e da criação de políticas públicas eficazes”, entre elas a implementação do Sistema de Informação e Prevenção aos Crimes Contra a Vida (SPVida), plataforma que automatiza os dados e permite que as polícias analisem os crimes e elaborem planos de ações para reduzir as mortes no estado.

Furtos e roubos

Depois de queda no último balanço divulgado pela secretaria, o crime de furto em geral voltou a crescer no estado. Em setembro, foram registrados 48.174 furtos, aumento de 3,8% em relação a setembro do ano passado. No ano, o crescimento foi de 3,3%, somando 431.140 notificações.

Os roubos em geral, por sua vez, continuam em queda. Em setembro, a secretaria recebeu a notificação de 17.891 roubos no estado, queda de 10,4% em relação ao mesmo mês do ano passado. Considerando-se o período entre janeiro e setembro de 2023, a queda em comparação ao acumulado do ano passado foi de 3,9%, com 171.593 casos.

Botão Voltar ao topo