fbpx

Corinthians vence o Cuiabá e volta abrir distância da zona de rebaixamento

O Corinthians respirou contra a zona de rebaixamento do Brasileirão. Depois de ficar quatro jogos sem vencer, se reabilitou ao bater o Cuiabá, fora de casa, na Arena Pantanal, pelo placar de 1 a 0, em um dos jogos que movimentaram as disputas da 29ª rodada. Romero já no segundo tempo marcou o único gol da partida.

Com o resultado, o Corinthians subiu para a 13ª colocação com 36 pontos e abriu seis da zona de rebaixamento. Já o Cuiabá vem logo à frente, em 11º com 37 pontos, mas chegou ao segundo jogo sem vitória.

O primeiro tempo foi de poucas emoções na Arena Cuiabá, com o Cuiabá tendo mais posse de bola e o Corinthians respondendo como podia. Mesmo assim, a melhor chance veio pelos lados do time paulista. Aos 22 minutos, Renato Augusto recebeu na área e tentou encobrir o goleiro Walter, que fez grande defesa.

A resposta do Cuiabá veio momentos depois, aos 27. Depois de uma roubada de bola no meio-campo, Raniele deu um chute venenoso e apesar de ter escorregado no lance, Cássio se recuperou e fez a defesa. Até por conta disso, o duelo foi para o intervalo com o empate sem gols.

Na volta para o segundo tempo, o Cuiabá fez pressão em busca da vitória nos primeiros minutos, mas viu o Corinthians equilibrar o jogo aos poucos e marcar o primeiro gol do jogo. Aos 32 minutos, Matiás Rojas cruzou na área, Gil escorou e a bola sobrou limpa para Romero empurrar para o gol.

O lance ainda foi analisado pelo VAR por um possível impedimento, mas logo o gol foi confirmado. A partir daí, o Corinthians passou a controlar a vitória, enquanto o Cuiabá tentou de tudo para deixar tudo igual no placar, mas sem sucesso. Por conta disso, o time paulista venceu pelo placar de 1 a 0.

Agora, os dois times voltam a campo no próximo domingo (29) para a disputa da 30ª rodada do Brasileirão. Logo às 18h30, o Corinthians faz um clássico contra o Santos, na Neo Química Arena. Mais tarde, às 20h, o Cuiabá visita o Botafogo, no estádio Nilton Santos.

Botão Voltar ao topo