fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Taubaté: Recursos Federais são liberado para auxílio ao HMUT

Portaria do Ministério da Saúde permite aumento em R$ 11 milhões por ano para o custeio de ações do Hospital Municipal Universitário de Taubaté

O Ministério da Saúde publicou, nesta segunda-feira, 23, a portaria GM/MS 1.636, que confirma o aumento de R$ 11.074.289,31 no limite financeiro para custeio das ações e serviços públicos de saúde no grupo de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar (Teto MAC) para o município de Taubaté.

Com a decisão, o Hospital Municipal Universitário de Taubaté (HMUT) passa a contar com esse valor, de forma permanente, anualmente para a manutenção do atendimento de pacientes taubateanos e de outros municípios

A medida, assinada pela ministra da Saúde, Nísia Trindade, contou com apoio do vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, que participou, em agosto, de reunião com o prefeito de Taubaté, José Saud, e a reitora da Universidade de Taubaté (Unitau), Nara Fortes, responsável pela gestão da unidade de saúde, na prefeitura.

Na ocasião, os dois gestores apresentaram ao vice-presidente a situação financeira do hospital, que se encontrava em dificuldade e chegou a ter procedimentos eletivos suspensos, bem como novos atendimentos.

“Sabemos que esse socorro não resolve todas as dificuldades financeiras, pois a situação demanda uma medida estrutural, mas já é um alívio e uma ajuda permanente para garantir o funcionamento do Hospital Universitário de Taubaté”, disse o vice-presidente, Geraldo Alckmin.

A medida assinada pela ministra da Saúde, Nísia Trindade, já está em vigor e os recursos adicionais serão liberados a partir do próximo repasse a ser realizado pelo Governo Federal ao HMUT.

Botão Voltar ao topo