fbpx

Com programação gratuita, Revelando SP começa na quinta em São José

Começa na quinta-feira, dia 26 de outubro, o Revelando SP, maior festival de divulgação e fortalecimento de culturas tradicionais paulistas, programa promovido pelo Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas.

Em São José dos Campos, que volta a sediar o evento após sete anos, o Revelando SP conta com correalização da Prefeitura de São José dos Campos e gestão e produção da Associação Paulista Amigos da Arte, em parceria com a Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

O festival acontece entre 26 e 29 de outubro (quinta a domingo) no Parque da Cidade, das 10h às 22h.

Durante quatro dias, o Revelando SP recebe 162 participantes, sendo 65 de artesanato, 49 de culinária e 48 de manifestações artísticas, com uma amostra do melhor da produção cultural das tradições paulistas. Esses participantes representam 131 municípios do estado, dando uma dimensão da diversidade e riqueza cultural da região.

Renato Teixeira se apresenta no domingo, às 18h, encerrando a programação do Revelando SP. (Foto: Divulgação/PMSJC)

O festival mobiliza ainda uma quantidade expressiva de trabalhadores indiretos. Só para a montagem de sua estrutura no Parque da Cidade estão envolvidos cerca de 200 profissionais.

No primeiro dia do evento o público poderá conferir a apresentação do cantor e compositor Almir Sater, às 19h30. Nos demais dias o Revelando SP terá ainda shows de outros grandes nomes da música nacionais: Marcelo Jeneci, As Marcianas, Fernanda Costa, Orquestra Joseense e Renato Teixeira.

Confira abaixo tudo o que o Revelando SP oferecerá no Parque da Cidade entre quinta e domingo, separado por cada município representado no festival:

Culinária
Batatais – Cachaça João Roberto
Bragança Paulista – Linguiça bragantina com polenta crocante
Caçapava – Doce Maria Rapadura e suco Zé Taiada
Cajamar – Doces tradicionais de culinária caipira
Cananéia – Peixe defumado
Capão Bonito – Paçoca de carne tropeira
Caraguatatuba – Comida caiçara
Cruzeiro – Arroz vermelho com suan
Guararema – Rancho Galinhada de São Longuinho e Alambique do Décio
Guaratinguetá – Afogado com feijão tropeiro
Guarulhos – Rancho Tachos do Olímpio
Itapetininga – Bolinho de frango
Itapira – Doces caseiros
Itapirapuã Paulista – Compotas e doces cristalizados
Jacupiranga – Farinha de mandioca artesanal
Jambeiro – Feijão tropeiro com torresmo e Alambique Bom Jardim
Joanópolis – Comida do lobisomem
Monteiro Lobato – Geleias artesanais e Rancho Pé da Serra
Nazaré Paulista – Afogadão
Novo Horizonte – Cachaça artesanal
Palmital – Doces cristalizados e compotas
Paraibuna – Rancho Chão Caipira
Pedra Bela – Comidas típicas de milho verde, canjiquinha e virado de banana
Pindamonhangaba – Bolinho caipira e bolinho de mandioca
Redenção da Serra – Carne na lata e Rancho da Vaca Atolada
Ribeirão Grande – Rojão do balaio, bolinho capotado e delícias do milho
Ribeirão Pires – Produtos à base do cambuci
São João da Boa Vista – Doce de leite com marolo
São José dos Campos – Rancho do Torresmo e Rancho da Just
São Paulo – Doces caseiros
Sarapuí – Vinhedos Divina Essência
Silveiras – Farofa de içá
Socorro – Produtos naturais e artesanais
Tarumã – Tradições caipiras e Fazenda Esmeralda
Taubaté – Comida caipira
Tremembé – Roupa velha
Vargem Grande Paulista – Maravilhas do Milho
Artesanato
Américo Brasiliense – Brinquedos em madeira
Apiaí – Artesanato em argila e cerâmica
Areias – Escultura e pintura em pássaros
Avaí – Artesanato indígena
Bananal – Artesanato em crochê
Barra Bonita – Tapete em tear
Bom Sucesso de Itararé – Artesanato em barro
Cajati – Esculturas em madeira
Campinas – Artesanato em palha de milho
Caraguatatuba – Rabecas caiçaras artesanais, cerâmica tradicional, trançado em fibra de coqueiro e artesanato em escamas de peixe
Carapicuíba – Arte em ferro
Eldorado – Artesanato quilombola
Embu das Artes – Bolsas em couro
Guapiara – Artesanato em fibras naturais
Guararema – Produtos em madeira
Guaratinguetá – Artesanato em fibras naturais
Guarulhos – Artesanato indígena Pankararu e Pankararé
Itaquaquecetuba – Artesanato Kaimbé e Kariú
Itararé – Arte sacra em palha de milho e artesanato em miniatura com cascas
Jacareí – Terços naturais
Jaú – Macramê
Lagoinha – Artesanato em argila
Lorena – Bordado e crochê
Mauá – Artesanato cigano
Miracatu – Artesanato indígena Djaiko-aty
Monteiro Lobato – Artesanato em fibra de taboa
Ourinhos – Arte em fios
Paraibuna – Artesanato em taboa e artesanato tradicional
Pedra Bela – Tecelagem no tear, tecelagem em fios de algodão e em lã de carneiro
Peruíbe – Artesanato indígena Tupi-guarani
Pindamonhangaba – Arte sacra
Piracaia – Artesanato em madeira
Pirapora do Bom Jesus – Arte sacra
Potim – Artesanato em fibra de taboa
Presidente Epitácio – Entalhe em madeira
Presidente Prudente – Bordados tradicionais
Queluz – Artesanato em taboa
Registro – Entalhes e esculturas em madeira, miniaturas e artesanato em palmeira de brejaúva e jupati
Salesópolis – Artesanato em madeira
Salto de Pirapora – Arte em fibra de taboa
Santana de Parnaíba – Entalhe em madeira
São José dos Campos – Bordados, facas artesanais e arte em cerâmica
São Sebastião – Arte em fibras naturais
Silveiras – Arte em madeira
Sorocaba – Tecelagem manual
Taubaté – Artesanato em argila
Ubatuba – Entalhe em madeira e artesanato indígena Tupi-guarani e Guarani Mbya
Votorantim – Arte santeira e arte em argila
Manifestações culturais tradicionais
Apiaí – A Dança do Barro
Araçatuba – Grupo de Catira Araçatuba
Atibaia – Congada Verde de Atibaia e Congada Azul de Atibaia
Cananéia – Coral Mborai Nhembojera “Nascer dos Cantos”
Cunha – Congada de São Benedito
Florínia – Folia Santos de Reis de Florínia
Guaratinguetá – Associação Cultural de Congada e Moçambique Vermelho e Branco de São Benedito de Guaratinguetá
Guarujá – Reisado Sergipano e Bumba Meu Boi Guarujá
Indaiatuba – Jongo Filhos da Semente
Itaberá – Orquestra de Viola e Violão de Itaberá
Itanhaém – Dança e Música da Tradição Cigana
Itaoca – Trança Fitas de Itaoca, Fandango de Tamancos e Ivan da Viola
Itapira – Congada Mineira de Itapira
Jacareí – Folia de Reis Filhos do Oriente
Lagoinha – Grupo Orgulho Caipira
Mauá – Conexão Cultural Cigana
Mogi das Cruzes – Congada de São Benedito do Conjunto Sto. Angelo
Mongaguá – Coral Mborai Marã’eyn – Aldeia Cerro Korá
Monteiro Lobato – Bonecos Pereirões e Batuque Tião Munheca
Osasco – Orquestra de Violeiros de Osasco
Paraibuna – Batalhão de Moçambique São Benedito e Nossa Senhora do Rosário do Alferes Bento
Piquete – Jongo de Piquete e Edson Taioba – Exposição Tropeira
Piracaia – Congada Verde Periquitos de Piracaia e Congada Branca Marinheiros de Piracaia
Porto Feliz – Grupo Cururueiros de Araritaguaba
Praia Grande – Roberto Petrovich
Queluz – Corporação Musical Lyra Queluzense
Santana de Parnaíba – Grito da Noite e Grupo Treze de Maio – Samba do Cururuquara
São José dos Campos – Jongo Mistura da Raça, Grupo Calango do Vale e Folia de Reis Estrela de Belém
São Luiz do Paraitinga – Matheus e Vinícios, Mestre Reno Martins e Cia. de São Benedito dos Mestres de Catuçaba
São Vicente – Coral Nhanderu Rembiguai
Taubaté – Cia de Moçambique do Parque Bandeirantes, Congada São Benedito do Alto do Cristo e Moçambique do Parque São Cristóvão
Torrinha – Bonecos Gigantes de Torrinha
Tremembé – Congada São Benedito do Erê
Votorantim – Grupo de Viola Caipira São Gonçalo de Votorantim

Programação de shows do Revelando SP:
26/10 (quinta-feira)
19h30 Almir Sater

27/10 (sexta-feira)
19h30 Marcelo Jeneci

28/10 (sábado)
16h As Marcianas
19h30 Fernanda Costa

29/10 (domingo)
11h Orquestra Joseense, com o violeiro Ivan Vilela
18h Renato Teixeira

Revelando SP – São José dos Campos
26 a 29 de outubro (quinta a domingo) das 10h às 22h
Parque da Cidade (Parque Municipal Roberto Burle Marx)
Av. Olivo Gomes, 100, Santana – São José dos CamposEntrada gratuita

Botão Voltar ao topo