fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Taubaté apresenta programa Jovem Aprendiz Paulista

No dia 26 de outubro, a Prefeitura de Taubaté por meio da Secretaria de Desenvolvimento, Inovação e Turismo, irá reunir diversos microempreendedores (ME) e pequenos empresários (EPP) para apresentar o programa Jovem Aprendiz Paulista, em parceria com o governo estadual.

O evento será realizado às 10h, no HITT (Hub de Inovação Tecnológica de Taubaté), que está localizado na avenida Dom Pedro I, 7181, Loja 235, piso 2, Residencial Estoril, no interior do Via Vale Garden Shopping.

Estarão presentes representantes da Prefeitura de Taubaté, CIEE (Centro de Integração Empresa Escola), ACIT (Associação Comercial e Industrial de Taubaté) e HITT (Hub de Inovação Tecnológica de Taubaté).

Os micro e pequenos empresários com interesse em participar do evento devem confirmar presença até o dia 25 de outubro pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc4gTChr82ejqMY0_8Xyf_Jd-4hPD2l4WjYqP9O1N3FM9ZAdw/viewform

SOBRE O PROGRAMA

O Jovem Aprendiz Paulista é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com a Secretaria de Projetos Estratégicos.

O programa prevê investimentos de R$ 145,5 milhões por parte do Estado e a contratação de até 60 mil estudantes da rede pública de ensino, com idade entre 14 e 18 anos, por micro e pequenos empreendimentos.

A capacitação técnica dos estudantes será garantida pelo Governo de São Paulo. Assim, a iniciativa vai oferecer qualificação profissional conciliada ao ensino regular a dezenas de milhares de jovens que buscam a primeira oportunidade no mercado de trabalho.

Para os empresários, os benefícios oferecidos pelo programa são contratações de aprendizes sem nenhum custo além do pagamento de salários e encargos, em suas próprias regiões de atuação e sem despesas com verbas rescisórias ao término dos contratos.

O recolhimento do FGTS também é menor (apenas 2%), e todo o trâmite é amparado pela Lei do Aprendiz (10.097/2000).

Para os estudantes, o Jovem Aprendiz Paulista oferece oportunidades de trabalho por até 24 meses, com remuneração mensal de até R$ 917,59, com base no salário-mínimo/hora e de acordo com os períodos de expediente e treinamento.

A jornada dos aprendizes será de quatro dias de trabalho, com carga horária diária de quatro a seis horas, e um dia exclusivo para capacitação on-line.

O treinamento será garantido pelo Governo de São Paulo, inclusive com aulas de preparação comportamental e postura em ambiente de trabalho.

A matrícula regular na rede pública de ensino é obrigatória para todos os participantes, bem como a carteira de trabalho – o documento pode ser solicitado nos canais eletrônicos do Poupatempo.

Botão Voltar ao topo