fbpx

Feira do Empreendedor reúne mais de 1,1 mil expositores em São Paulo

Durante os cinco dias de evento, a programação trará palestras, oficinas e talk-shows

Evento começou nesta segunda-feira (16) e vai até quinta (19). (Foto: Divulgação)

Começou nesta segunda-feira (16) a Feira do Empreendedor (FE23) promovida pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em São Paulo (Sebrae-SP). Até a próxima quinta-feira (19), estarão reunidos no São Paulo Expo mais de 1,1 mil expositores, entre franqueadores, empresas de máquinas e equipamentos, empresas de serviços e soluções digitais, além de um shopping com pequenos negócios atendidos pelo Sebrae. A expectativa é receber presencialmente 125 mil visitantes e atingir a marca de R$ 700 milhões em negócios gerados a partir da feira.

Segundo a consultora do Sebrae São Paulo Fernanda Prada, o objetivo da Feira do Empreendedor é gerar negócio para as micro e pequenas empresas de São Paulo e dar oportunidade para quem quer empreender. “Quem está vindo para cá e não tem um negócio, consegue sair daqui já com o negócio aberto. Temos mais de mil colaboradores do Sebrae para atender as pessoas, temos grandes empresas, franquias, patrocinadores com oportunidades para todo mundo que quer empreender ou quem já empreende e quer melhorar os seus negócios”, explicou.

Durante os cinco dias de evento, a programação trará palestras, oficinas e talk-shows. Entre os palestrantes já confirmados na Arena do Conhecimento Sebrae & Unfy, estão o músico, apresentador e ativista cultural Carlinhos Brown; a comunicadora, advogada e influencer digital Gabriela Prioli; o empresário e produtor Konrad Dantas, criador da produtora Kondzilla; o ex-jogador de basquete Oscar Schmidt.

Participam ainda as empresárias e investidoras do Shark Tank Brasil Monique Evelle e Carol Paiffer; a atleta paralímpica Raissa Rocha Machado; o empresário Alexandre Costa, fundador da Cacau Show; o consultor e autor Alberto Serrentino; a dupla Henry e Klauss, campeões internacionais de ilusionismo; o apresentador do SBT Celso Portiolli; a influenciadora e empresária Duda Reis; o empresário e escritor Alfredo Soares; a empresária Karla Marques Felmanas, vice-presidente da Cimed; o investidor e escritor Davi Braga.

Entre as novidades estão a Vila Empreendedora com aulas práticas sobre empreendedorismo em segmentos tão variados e com aulas práticas com especialistas de cada setor expondo orientações para quem empreende ou quer empreender em cada área. Há ainda a Arena Criador Empreendedor Sebrae & TikTok, para quem quer criar conteúdo e potencializar o alcance de seus serviços ou produtos; a Arena ESG Sebrae & EDP Solar, sobre negócios sustentáveis; o Boteco Sebrae & Ambev, sobre o mercado de alimentação e cervejeiro.

Neste ano a feira traz também o espaço Sebrae Delas & Gazin, com mais de 40 atrações e 40 horas de programação voltada para as mulheres empreendedoras; o espaço Mãos à Obra Sebrae & Leroy Merlin, para quem empreende na construção civil e reformas; a Arena de Games, que testa as habilidades comportamentais dos empreendedores por meio de jogos dinâmicos.

Segundo a organização, entre os expositores estão 81 prefeituras e oito consórcios municipais e institutos paulistas. A feira conta ainda com espaços voltados para soluções de crédito, para o varejo do futuro, para franquias, para acessibilidade e para o agronegócio. Balcões de atendimento da equipe do Sebrae-SP também estarão presentes para orientar visitantes sobre gestão, formalização e regularização de seus negócios, especialmente os microempreendedores individuais (MEIs).

Experiências

Liliana dos Santos tem uma loja que fica no centro da cidade de Registro, no Vale do Ribeira, ao sul do estado de São Paulo. Lá ela vende o artesanato que produz com a matéria-prima típica do local, o junco. O foco de Liliana é na economia e na costura criativa puxando para o artesanato regional. “Na minha loja, eu tenho peças do Vale todo e todas produzidas por artesãs da região. A oportunidade que a feira está trazendo de valorizar as peças de algumas parceiras e o junco, que só é produzido no Vale do Ribeira, é maravilhosa, porque é uma maneira da gente mostrar o Vale, mostrar o que a gente faz”, disse.

Trabalhando com papelaria criativa há pelo menos um ano, Marcela Regina Alexandre Cabral contou que migrou da papelaria infantil para a parte de encadernação, percebendo que os lucros poderiam ser muito melhores. “Eu também trabalho com papelaria de casamento e encontrei o Sebrae em uma feira de noivas. A partir daí foi se desenvolvendo esse relacionamento e o apoio deles é fenomenal. Os cursos que eles oferecem para nós que somos pequenos são fantásticos. Não é fácil, mas vale a pena empreender e hoje eu estou concentrada em continuar e crescendo cada vez mais”, afirmou.

O consultor em negócios do Sebrae em São Paulo Caio Ribeiro Monteiro ressaltou que qualquer pessoa pode empreender, mas precisa se planejar minimamente e responder a algumas questões essenciais para que saiba exatamente o que quer fazer e aonde quer chegar. “É importante se desenvolver como pessoa e ter as técnicas de gestão adequadas para poder gerir bem o seu negócio, além de saber qual é a sua situação financeira e criar ações de marketing.

Monteiro lembrou também que algumas pessoas empreendem por necessidade de geração de renda para sustentar sua família ou se sustentar e até mesmo isso se traduz em oportunidade e desenvolvimento de características. “É preciso ainda correr riscos, estabelecer e criar redes de contatos para poder ser articular. E ter o seu negócio com um relacionamento com o fornecedor sabendo quem são seus clientes e concorrentes. Então o planejamento faz parte desses comportamentos de qualquer empreendedor e é importante que isso se desenvolva”, disse.

Para participar ou visitar a feira é preciso fazer a inscrição gratuita no site da Feira do Empreendedor. O evento começa às 10h e vai até as 20h.

Botão Voltar ao topo