fbpx

Profissionais de Apoio da Educação Especial realizam formação em São José

A rede oferece formações bimestrais como os encontros desta semana, que aconteceram no Cefe (Centro de Formação do Educador)

Mais de 600 Profissionais de Apoio que atuam nas escolas municipais passaram por formação nesta quinta e sexta-feira, dia 6. (Foto: Claudio Vieira/PMSJC)

A rede de ensino municipal de São José dos Campos recebe investimentos em diversas frentes, com tecnologia, unidades modernizadas, materiais pedagógicos inovadores, formação de profissionais da Educação e muito mais.

Na quinta (5) e sexta-feira (6), mais de 600 Profissionais de Apoio Escolar, que foram contratados para acompanharem os estudantes com deficiência em sala de aula, passaram por formação com a equipe de especialistas da Educação Especial Inclusiva da Secretaria de Educação e Cidadania.

A rede oferece formações bimestrais como os encontros desta semana, que aconteceram no Cefe (Centro de Formação do Educador), em Santana, com conscientização e sensibilização sobre a Síndrome de Down, com exemplos práticos e reflexões sobre o percurso dos alunos na escola e na vida cotidiana.

A parceria com os Profissionais de Apoio e as escolas municipais em todas as regiões da cidade beneficia o desenvolvimento e aprendizagem dos alunos, que já são atendidos pelo Atendimento Educacional Especializado e Inclusivo, garantindo melhorias na rotina escolar para cada estudante.

Profissionais dedicados e satisfeitos
“É muito importante para todos nós entendermos nosso papel dentro da escola, esse encontro nos deu ânimo e coragem para continuarmos e sempre buscarmos novos aprendizados. Com a prática, entendemos que cada criança tem uma forma de lidar, agir e características próprias”, disse Ana Meire Oliveira Achkar, da Emefi Elza Regina Bevilacqua.

“As crianças estão se desenvolvendo, nós vemos que elas conseguem socializar mais e se locomover na escola melhor. Hoje, para mim, é fundamental trabalhar com os alunos, eles são carinhosos, me redescubro em muitas coisas junto deles”, completou Ana.

“As formações nos ajudam no dia a dia da escola. Saio daqui com mais conhecimento para colocar em prática. Nós aprendemos muito sobre os jogos e os materiais pedagógicos que foram entregues para que o aprendizado seja lúdico”, comentou Fabíola Almeida Iglesias, da Emefi Alda de Souza Araújo.

“Os professores ajudaram a clarear nossas ideias, pensar sobre como identificar situações e buscar soluções para problemas. A formação é importante tanto para a nossa vida social quanto profissional, nós passamos a ver tudo com um olhar diferente”, destacou Danielle Ariane Santos, que trabalha na Emefi Leonor Pereira Nunes Galvão.

“É importante entender o aluno e a formação traz uma evolução tanto profissional como pessoal. Melhorei muito meu convívio com as crianças, a cada capacitação eu fico mais motivada para continuar aprendendo e oferecer o melhor”, concluiu Paloma Estefane Silvério do Nascimento. da Emefi Rosa Tomita.

Botão Voltar ao topo