fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Equipe do HM em São José faz treinamento para ampliar controle de infecções

Equipe segue as pistas e vence os desafios no tempo correto durante treinamento criativo sobre tratamento de sepse. (Foto: Divulgação/PMSJC)

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Municipal encontrou uma maneira diferente de chamar a atenção sobre um tema importante e criou o Escape Room Sepse, com dinâmicas criativas na terça (3) e quarta-feira (4), para o público interno.

A sepse, conhecida como infecção generalizada, é a principal causa de morte nas UTIs em todo o mundo, com estimativa de 30 milhões de mortes pela doença por ano.

Médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, farmacêuticos e auxiliares de farmácia são o público alvo. Esses profissionais estão envolvidos no protocolo (lista de cuidados) que precisa ser cumprido na primeira hora após a identificação de sinais e sintomas de sepse.

“Como a evolução do quadro é muito rápida, o treinamento é muito importante para sensibilizar os profissionais a ficarem atentos para os sinais da sepse”, disse a médica infectologista Jackeline Coutinho Máximo, coordenadora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar do HM.

Nos últimos 9 anos, o Hospital Municipal registrou uma redução de cerca de 20% na mortalidade nos casos em que houve a abertura do protocolo de sepse.

Desafios

O Escape Room acontece no anfiteatro do Hospital Municipal, onde uma equipe é apresentada para um caso fictício de sepse. O paciente é um boneco. A equipe tem 7 minutos para seguir as pistas espalhadas pelo local e descobrir tudo que precisa ser feito ao paciente de imediato.

A dinâmica ocorre em clima de tensão e o tempo vai correndo. É preciso coletar exames, medicar com antibiótico e hidratar o paciente. A equipe que consegue cumprir o protocolo nos 7 minutos escapa da sala e salva uma vida.

O fisioterapeuta Luís Alberto Mesquita gostou da dinâmica. “Achei muito boa, uma forma criativa de fazer a gente gravar na mente as providências que precisam ser tomadas nesses casos”, disse. A equipe de Luís Alberto escapou da sala e salvou o paciente.

Sinais

A sepse é uma doença complexa e grave, provocada por uma resposta inadequada do nosso organismo à presença de uma infecção em determinado órgão, como pulmão, rim, abdômen, por exemplo.

Os principais sinais e sintomas da sepse são temperatura acima de 38ºC ou abaixo de 36ºC, batimento cardíaco acelerado, prostração e falta de ar, entre outros.

A prevenção é feita com os cuidados básicos à saúde para evitar infecções, como higienizar as mãos, manter a vacinação das crianças em dia e evitar a automedicação.

Botão Voltar ao topo