fbpx

A arte urbana chega em Ilhabela com exposição inédita do artista Markone

(Foto: Divulgação/PMI)

O Centro Cultural Waldemar Belisário, localizado no centro histórico de Ilhabela, está com uma exposição inédita na cidade.

“Tattograff Island” expõe o trabalho do renomado artista paulistano Marcos Vinícius Gonçalves, o “Markone”, que traz a força dos elementos urbanos e o traço do grafite adaptado para a pele humana, por meio da tatuagem.

A abertura da exposição foi realizada no sábado (23/9) e contou com presença de autoridades locais, artistas da cidade, integrantes do Insanos Moto Clube, o maior moto clube do Brasil e do cantor de rap romântico, Dom7nico, um dos nomes em ascensão no cenário musical.

“Essa ligação do urbano, concreto, com a natureza que é Ilhabela, com sua água, fauna e flora, a gente se conecta melhor com a nossa origem, que é a natureza. Essa exposição é um grande feito, dizendo assim, da minha necessidade humana e como artista.

Por mais que as pessoas que aqui vivem, estão no paraíso, na ilha mais bela do Brasil, eu vejo a necessidade de apresentar o urbano, esse lado caótico da cidade de São Paulo. Transportar as pessoas como se fosse uma máquina do tempo de muita coisa antiga, desde minha história no grafite, em 1995, até a minha outra vertente, que é a tatuagem”, destacou Markone.

Nascido no bairro da Brasilândia, na Zona Norte da cidade de São Paulo, o artista se aproximou do rap ao conhecer o grafite, atividade que pratica desde 1995, com murais em lugares como o túnel de acesso à Avenida Paulista e a sede oficial da Gaviões da Fiel.

Em seus trabalhos com a tatuagem, sua técnica se ressalta pelo uso apurado do sombreamento, produzindo efeitos que destacam a imagem e criam fortes contrastes.

Markone já realizou inúmeros trabalhos para renomadas bandas, marcas e empresas. Suas habilidades o fizeram ir “das paredes para as peles” e começou a tatuar em 2001, incentivado pela necessidade de ampliar os horizontes de sua arte. Hoje colhe frutos dos mais de 20 anos de rabiscos pelas ruas e tatuagens realizados pelo mundo.

A ideia do artista é expor seu trabalho nas principais ilhas do Brasil e do mundo, e destaca que Ilhabela, por toda sua história e beleza, não poderia deixar de ser o marco inicial desta jornada. “O caos da arte regrada, acadêmica, a gente transforma.

O mundo não tem barreiras, não tem grade nenhuma. Nossa ideia é expor toda nossa arte, expressão, nas ilhas de todo mundo, e Ilhabela, com suas maravilhas naturais, é o pontapé inicial desta grande viagem”, salienta Markone.

A exposição “Tattoograff Island” fica aberta até o dia 15 de outubro, de segunda a quinta-feira das 9h às 20h e de sexta-feira a domingo e feriados, das 9h às 21h.

Botão Voltar ao topo