fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Governo anuncia investimentos e novas balsas na travessia São Sebastião-Ilhabela

(Foto: Divulgação/PMI)

Após cobranças da Prefeitura, Câmara Municipal e organizações da sociedade civil, o Governo do Estado de São Paulo anunciou no último sábado (30/9), uma série de medidas visando melhorias no sistema de travessia entre São Sebastião e Ilhabela.

O anúncio das intervenções foi feito pela secretária de estado de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, Natália Resende, durante sua visita ao sistema de travessia, acompanhada pelo prefeito Toninho Colucci, vereadores e secretários municipais de Ilhabela, além de representantes da sociedade civil e da imprensa regional.

A secretária destacou que as três balsas que atualmente estão em operação precisaram ser retiradas devido a preocupações com a segurança. “Neste momento, o sistema conta com quatro balsas, mas até o dia 9 de outubro, uma quinta estará em funcionamento.

Além disso, no início de novembro, uma embarcação com maior capacidade será incorporada, totalizando seis balsas e dois catamarãs em operação.” Resende enfatizou que a infraestrutura atual está operando no limite da sua capacidade.

Segundo a secretária de Estado, até 2024, o Governo do Estado planeja investir R$ 243 milhões nas travessias, com R$ 80 milhões destinados ao Litoral Norte, sendo R$ 32 milhões para aquisição de embarcações e R$ 48 milhões para estaleiros e terminais.

Natália ressaltou a importância de considerar o sistema como um todo, enfatizando que o processo de concessão no passado não recebeu os devidos investimentos.

O prefeito Toninho Colucci criticou a gestão anterior do Governo PSDB no Estado de São Paulo por negligenciar a travessia e prepará-la para a privatização.

“Eles não fizeram nada e passaram esse problema adiante, que não pode ser resolvido da noite para o dia. Tivemos uma série de eventos simultâneos, como más condições climáticas, interrupções na travessia e avarias em balsas, o que afetou severamente a população de Ilhabela.”

Colucci pediu à secretária que transmita ao Governador Tarcísio de Freitas a urgência de reformas nas balsas FB-28 e FB-30. “Precisamos de um projeto mais sólido para a temporada, uma vez que o turismo é essencial para nossa economia”, enfatizou o prefeito de Ilhabela.

A secretária Natália Resende acredita que a solução definitiva para os problemas da travessia está na PPP em fase de planejamento.

Os estudos para a PPP devem ser contratados no próximo mês, com a proposta de leilão de concessão prevista para o segundo trimestre de 2025. “Esse contrato será mais eficiente, abrangente e de alta qualidade, com apoio do Estado para garantir tarifas justas e acessíveis. Temos um planejamento e cronograma sólidos.”

Além disso, a secretária anunciou que na última sexta-feira, 6 de setembro, foi lançado um edital para a aquisição de reversores para embarcações, com um valor estimado de R$ 5 milhões.

Até dezembro, está prevista uma licitação para a compra de mais 50 motores, que serão entregues ao longo de 2024. Essas medidas visam garantir melhorias contínuas na travessia entre São Sebastião e Ilhabela, beneficiando os residentes e os turistas que dependem desse serviço essencial.

Botão Voltar ao topo