fbpx

São José: População aprova dispensário eletrônico de medicamentos

Para o o técnico em refrigeração José Alberto Bezerra da Silva, novo sistema é prático e ajudará as pessoas a ganhar tempo. (Foto: Divulgação/PMSJC)

Inovação com agilidade, tecnologia, praticidade e comodidade em prol da saúde da população. Moradores de São José dos Campos que já utilizaram o dispensário eletrônico de medicamentos implantado na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Campo dos Alemães, na região sul, aprovaram a novidade.

O novo sistema, que integra a Lei de Inovação por meio de projeto piloto na cidade e é pioneiro em unidades públicas de saúde do Brasil, tem como principal objetivo facilitar e acelerar o acesso dos munícipes aos remédios.

Implementado no último dia 21 de julho, o dispensário eletrônico de medicamentos já foi utilizado por 458 pacientes, que retiraram 1.630 remédios.

“Está aprovado. Gostei muito. Eu, que sou da área médica, sei como é importante ações como esta para ajudar as pessoas. É uma grande novidade”, disse Tatiane Maria da Silva, que tem 27 anos, mora no Parque Interlagos, na região sul, e faz faculdade de Enfermagem.

“Que legal. Nem sabia que tinha esta máquina. Foi fácil e rápido de usar. É uma medida prática nos dias atuais, em que precisamos ganhar tempo em tudo que fazemos”, afirmou o técnico em refrigeração José Alberto Bezerra da Silva, que tem 48 anos e mora no Campo dos Alemães.

Como funciona

publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒  

• Estão disponíveis para retirada 27 medicamentos das classes antialérgicos, anti-inflamatórios, analgésicos e anti-hipertensivos, que são os com maior demanda.

• O dispensário eletrônico de medicamentos poderá ser utilizado pelos usuários da UPA do Campo dos Alemães a partir das 17h30 das sexta-feiras, aos sábados, domingos e feriados, dias e horários em que a maioria das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) Resolve no entorno da UPA está fechada para dispensação de remédios.

• Funcionários da UPA estão à disposição dos munícipes para ajudá-los na utilização do novo equipamento.

• Os pacientes recebem receitas com QR Code para identificação dos remédios e quantidades prescritos nas receitas emitidas durante as consultas médicas no local.

• Se houver necessidade de continuidade do tratamento, recebem também uma segunda receita para retirada dos medicamentos durante os outros dias da semana junto aos funcionários da UPA.

• A partir da avaliação deste projeto piloto, a ideia é, num primeiro momento, estender às demais Unidades de Pronto Atendimento, facilitando e garantindo o tratamento até que, caso necessário, os munícipes possam retirar os medicamentos nas UBSs Resolve de suas áreas de abrangência.

Botão Voltar ao topo