fbpx

“Kafka e a Boneca” realiza turnê pelo interior paulista

A produção inédita, inspirada em história real vivida pelo escritor Franz Kafka, percorrerá os Teatros do SESI Campinas, São José dos Campos, São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, entre julho e novembro.

Marcos Lanza em cena como Kafka. O espetáculo leva para o palco um episódio marcante na vida do escritor. (Foto: Caio Gallucci)

Depois de arrebatar mais de 28.000 espectadores, entre adultos e crianças, em sua estreia no Teatro Sesi-SP, localizado no Centro Cultural FIESP, o espetáculo autoral brasileiro “Kafka e a Boneca”, produzido pela Marcenaria de Cultura, Rega Ínicio Produções e SESI-SP, inspirado em um episódio real da vida do escritor Franz Kafka (1883 – 1924), fará uma turnê – com ingressos gratuitos – por cidades do interior de São Paulo, começando pelo município de São José dos Campos, dia 15 de julho, e passando por Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Campinas, onde encerra a curta temporada dia 19 de novembro.

“Kafka e a Boneca” nasceu da inspiração do produtor cultural e diretor Marllos Silva, que reuniu sentimentos, pensamentos e homenagens, a amigos, familiares e personalidades, para adaptar a história para os palcos, pela primeira vez em forma de musical, trabalho este compartilhado com o compositor Daniel Rocha.

A obra narra um momento específico da vida do autor modernista, em que, ao se ver tocado profundamente pela tristeza de uma criança, encontra motivação para voltar a escrever, e, consequentemente, ajudá-la em seu dilema.

Tudo começa quando, durante uma de suas idas ao parque Steglitz, em Berlim, junto de sua companheira Dora Diamant, se depara com a pequena Lia Hiellel (nome fictício adotado na peça) tendo que lidar com a dor da perda de sua boneca preferida, a quem considera como melhor amiga.

Para amenizar a situação, o escritor tcheco lança mão do lúdico e conta que a boneca, batizada nesta produção com o nome de Marielle, em homenagem à socióloga, ativista e política brasileira Marielle Franco, saiu em uma viagem pelo mundo para se descobrir, em uma “jornada” cheia de emoções.

Por um instante, Kafka, conhecido por seu jeito peculiar de ser e pensar, e por sua falta de tato com crianças, tem uma ideia que pode ajudar a consolar a garota, ao mesmo tempo que a ensina a compreender melhor os percalços da vida, e na forma de um “carteiro de bonecas”, se compromete a enviar cartas para a pequena Lia, contando detalhes sobre os diferentes destinos que a boneca visitou pelo mundo, usando de descrições ricas em detalhes e de entrelinhas repletas de mensagens.

publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒  

“‘Kafka e a Boneca’ é um espetáculo para a família. Nosso objetivo é que a família ao assistir possa refletir. Propomos na dramaturgia abordar temas como a relação pais e filhos, a relação com o luto. Tudo de forma lúdica. Para que a criança não se sinta ignorada e o adulto não se sinta infantilizado”, conta o autor e diretor Marllos Silva.

Durante a turnê, caberá ao ator Marcos Lanza reprisar o papel do famoso escritor, ao lado de Giovanna Sassi como Dora Diamant.

A pequena Lia será interpretada pela atriz-mirim Isa Camargo, que também reprisa o papel, enquanto sua mãe, Berta Hillel, segue interpretada por Renata Vilela. Já o papel do pai de Lia, o senhor Joseph Hillel, será entregue agora nas mãos de Rafael Pucca. O elenco conta ainda com Fernando Pallaza, Luiza Francabandieira e Rafael Aragão.

PROCESSO CRIATIVO

“Kafka e a Boneca” surgiu a partir de um momento muito especial para o autor e diretor do espetáculo, Marllos Silva, fundador da Marcenaria de Cultura. O criativo teve a ideia de criar o espetáculo ao ler o livro “Kafka e a Boneca Viajante” para a filha há alguns anos.

A história foge um pouco do ar “complexo e intrincado” do “universo kafkaniano”, sem deixar de tocar em pontos comuns à sua obra, como a melancolia e o questionamento do ser e estar no mundo. Nesta obra, o ponto de vista é diferente, como explica Marllos Silva:

“A grande diferença das demais obras de Kafka para esta, é que as demais obras são escritas sobre o olhar dele para o mundo, já este espetáculo é sobre a persona Kafka.

Para quem conhece sua história e a forma como ele se relacionou com a família, vê neste recorte de vida um homem diferente do imaginário que o mundo conheceu. De repente, o homem avesso a relações familiares e sem filhos, é visto completamente entregue em um esforço para curar a dor de uma criança da qual ele não tinha nenhuma relação”.

A missão de criar a alma sonora do espetáculo coube ao compositor Daniel Rocha, que assina a direção musical do espetáculo, e que se inspirou nas raízes familiares de Kafka para criar as canções do espetáculo, apresentadas em solos, duetos e trios capazes de despertar emoção e elevar a reflexão. Partindo da origem judaica do autor, Daniel apostou no gênero musical “Klezmer”, típico dessa cultura, para desenvolver as composições do espetáculo.

“A ideia de um Kafka que vive um drama pessoal intercalado com momentos de epifania por conta da perda de uma boneca sugere uma trilha sonora audaz. Suas referências tanto sefarditas como ashkenazitas e suas canções entoadas em iídiche foram a base para criar canções que contassem essa saga. E, ainda, a cada tema que um personagem ganha e cada desdobramento em leitmotiv que esse material é explorado, uma paisagem sonora do início do século XX é disparada envolvendo o público na atmosfera do parque onde a peça se desenrola. Trazendo, assim, luz e sons a um pós-guerra árduo e abrindo a temporada de sonhos!”, conta o diretor musical Daniel Rocha.

SESI SP:
O SESI-SP, no âmbito das suas ações culturais, tem o objetivo fomentar a diversidade cultural, democratizar o acesso à arte e à informação, formar plateias e estabelecer o diálogo contínuo e permanente entre obra e público, comunidade e sociedade.

Interessado em difundir a enorme riqueza cultural e trazer à tona a discussão de temas emergentes de nossa realidade, o SESI-SP seleciona obras, shows e espetáculos para apresentarem seus trabalhos em circuitos que podem envolver suas 53 unidades.

Nas artes cênicas, fazem parte do repertório espetáculos dos mais diferentes gêneros seja drama, comédias, teatro performativo, musicais, teatro de bonecos, circo e dança, e destinados aos públicos adulto, infantil e juvenil, viabilizando projetos arrojados e inovadores no panorama das artes de São Paulo.

O espetáculo “Kafka e a Boneca” foi um dos contemplado no Edital de Chamamento SESI-SP 2022, cumpriu temporada no Teatro do SESI do Centro Cultural Fiesp em 2023 e, após grande sucesso, partirá para uma circulação pelos Centro Culturais do SESI-SP no interior do estado de São Paulo, dentro do projeto Viagem Teatral, aumentando o alcance de público e cumprindo assim a sua missão institucional.

SERVIÇO:
TURNÊ “KAFKA E A BONECA”
→ São José dos Campos
Local: SESI SÃO JOSÉ DOS CAMPOS
Temporada: 15, 16, 22 e 23 de julho
Sessões: Sábados 10h e 16h | Domingos 16h
Acesse a página de eventos e verifique a disponibilidade.

Botão Voltar ao topo