fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Pinda oferecerá abafador auricular em eventos esportivos e culturais

A entrega dos equipamentos será feita a partir do dia 3 de julho na abertura dos Jogos Regionais, no ginásio da Ferroviária, que também fará entrega dos produtos 9 às 12 horas e das 14 às 16 horas, até dia 7 de julho.

A entrega dos equipamentos será feita a partir do dia 3 de julho na abertura dos Jogos Regionais, no ginásio da Ferroviária, que também fará entrega dos produtos 9 às 12 horas e das 14 às 16 horas, até dia 7 de julho. (Foto: divulgação)

Pindamonhangaba será a primeira cidade a fornecer abafadores auriculares para pessoas com autismo ou que apresentem alguma hipersensibilidade auditiva.

A ação da Secretaria da Mulher, Família e Direitos Humanos da Prefeitura tem o apoio do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência e Semelp – Secretaria Municipal de Esportes e Lazer é mais um passo para inclusão e respeito às pessoas com deficiência no município.

A entrega dos equipamentos será feita a partir do dia 3 de julho na abertura dos Jogos Regionais, no ginásio da Ferroviária, que também fará entrega dos produtos 9 às 12 horas e das 14 às 16 horas, até dia 7 de julho.

Além de lá, os interessados podem obter os equipamentos entre os dias 3 e 7 de julho na sede da Secretaria da Mulher, Família e Direitos Humanos (rua Dr. Gustavo de Godoy, 536, centro) e no CE João do Pulo (9 às 12 horas e das 14 às 16 horas); CE Zito (8h30 às 11h30); Complexo Esportivo do Cidade Nova (13h30 às 16h30); e Complexo Esportivo do Araretama (14 às 16h30).

Para retirar os equipamentos, a pessoa preenche um termo de responsabilidade. Os protetores auriculares poderão ficar com o solicitante até o fim dos Jogos Regionais e deverão ser entregues até dia 14 de julho no local onde foi retirado preferencialmente..

Quem precisar do produto para outros fins, como outras partidas esportivas ou eventos culturais, deverá retirar na Secretaria da Mulher, Família e Direitos Humanos.

A diretora do Departamento da Pessoa com Deficiência, Letícia Souza, disse que “a iniciativa visa a inclusão de quem tem sensibilidade auditiva, como os autistas por exemplo, em atividades esportivas e culturais, para que todos possam participar e acompanhar eventos que acontecem em Pindamonhangaba de maneira tranquila e sem gerar crises ou desconforto. É dever do Poder Público investir para preservarmos o bem estar dos que necessitam”, explicou.

Botão Voltar ao topo