fbpx

Plataforma de Educação Integral tem aprovação nas escolas em São José

O mascote da Plei em visita à Emefi Najla Jamile, no Dom Pedro; plataforma gamificada faz parte do programa Educação 5.0 e é disponibilizada a todos os alunos do Ensino Fundamental. (Foto: Divulgação/PMSJC)

“Eu gosto muito de usar a Plei, tanto em casa quanto na escola. É muito divertido, a gente brinca e aprende ao mesmo tempo.”

A frase de Ruan Santos Bittencourt, 10 anos, do 5º ano na Emefi Najla Jamile Santos Machado de Araújo, no Dom Pedro, região sul da cidade, expressa a aprovação dos estudantes das 17 escolas municipalizadas pela Prefeitura de São José dos Campos ao uso da Plataforma de Educação Integral (Plei).

Mais de 8.000 alunos dos anos iniciais (1º ao 5º ano) têm acesso à ferramenta educativa gamificada com jogos e desafios de português, matemática, ciências, inglês, história e geografia.

As atividades são feitas em sala de aula, com uso dos chromebooks nas escolas municipais, nos laboratórios de informática, e ainda como tarefa de casa, podendo ser acessada por celulares ou tablets.

“Na escola, meus momentos preferidos são ir para o laboratório de Informática e usar a Plei”, diz Ruan.

“Jogar sozinha não tem muita graça para mim, eu gosto de batalhar ou compartilhar o jogo e desafios da Plei com meus amigos. É um jeito diferente de estudar e aprender porque aprender jogando é mais atrativo. Eu adoro Matemática”, diz Ana Luisa de Sousa Barbosa, 10 anos, 5º ano.

Novidade aprovada
Além dos estudantes, os familiares acompanham as atividades e encaram a Plataforma como aliada para estudos e tarefas. Alicia de Fátima Soares é mãe do Miguel Soares, 6 anos, do 1º ano, e se diz satisfeita ao acompanhar as atividades do filho na nova ferramenta.

“Com a Plei facilitou bastante para eu acompanhar o que ele faz. Lá em casa o Miguel passa um tempo jogando, gosta bastante e agora está em destaque. Essa nova fase está sendo muito inovadora para ele, unindo conhecimento e diversão de uma forma positiva”, afirma Alícia.

Segundo a assistente de direção da escola, Maria Rosilene de Sousa Pereira, a rotina das escolas fica mais dinâmica com os projetos inovadores que envolvem alunos e professores. “Os alunos adoram, está sendo muito bem aceito por todos. As crianças lembram as professoras sobre “o dia da Plei”, os professores se planejam para o uso, temos o laboratório de Informática e os chromebooks e a participação tem sido expressiva”, diz Maria Rosilene.

Dá Plei!
Mais de 47 mil estudantes, do 1º ao 9º ano das 67 escolas de ensino fundamental, têm acesso à Plei.
A ferramenta faz parte do plano de gestão do governo municipal e é uma das ações para a implantação da Educação Integral no município que, segundo a Lei 10.375/2021, prevê também atividades no contraturno no modelo não presencial.

A plataforma permite a implantação do ensino híbrido, de forma adaptável para reconhecer as necessidades de cada aluno, com questões de Português, Matemática, Ciências, Inglês, História e Geografia e faz parte do programa Educação 5.0.

A aprendizagem fica cada vez mais divertida e customizada, com uso de inteligência artificial e gamificação.

Desde o dia 12 até o dia 25 deste mês, as escolas podem participar da Olimpíada Plei 2023, com pontuação para aqueles que se destacarem com: maior quantidade de questões feitas por alunos na ferramenta digital, maior tempo de uso e número de acertos. Os melhores colocados da rede de ensino receberão prêmios.

Botão Voltar ao topo