fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Educadores fazem formação sobre Gestão de Conflitos

O projeto foi intensificado este ano, com ações de prevenção e técnicas baseadas em estudos científicos, para que o alcance chegue até os familiares dos alunos.

O primeiro encontro de formação aconteceu nesta quarta (17) no Cefe com as equipes de gestão das escolas, que atuarão como multiplicadores nas suas unidades; grêmios de alunos também irão participar. (Foto: Claudio Vieira/PMSJC)

Felicidade, inteligência social, respeito e empatia são alguns dos termos que surgem ao se discutir sobre gestão de conflitos. A abordagem didática e atualizada será ampliada na rede de ensino municipal a partir deste ano, com formação semanal para gestores, equipe técnica da Secretaria de Educação e Cidadania, psicólogos e assistentes sociais que atuam nas escolas.

Nesta quarta-feira (17), aconteceu a primeira formação de gestores, com cerca de 120 profissionais que atuarão como multiplicadores em suas escolas, envolvendo os grêmios estudantis nas ações práticas.

Entre os temas abordados na formação estão: técnicas para superar conflitos e aprimorar os relacionamentos interpessoais, inteligência emocional e as técnicas do Semáforo da Comunicação Empática, com dicas para aplicação na rotina escolar.

Programa Gestão de Conflitos
Mais de 360 profissionais da Secretaria de Educação já foram formados na temática desde 2018 graças a parceria com o juiz da 6ª Vara Cível Alessandro Souza Lima.

O projeto foi intensificado este ano, com ações de prevenção e técnicas baseadas em estudos científicos, para que o alcance chegue até os familiares dos alunos.

A gestão de conflitos nas escolas irá acontecer por meio de projetos e ações voltadas às habilidades e competências socioemocionais e demais temas já previstos pelo Setor de Orientação Educacional (SOE), visando sempre o desenvolvimento integral dos alunos, desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental.

As ações do SOE acontecem em todas as escolas municipais e contam com Orientadores Educacionais, assistentes sociais, psicólogos e a equipe técnica da Secretaria de Educação.

Entre os objetivos do Setor estão: evidenciar a importância da escola e do estudo, acompanhando frequência nas aulas, orientando sobre o desenvolvimento na aprendizagem, com olhar individualizado para a necessidade de cada estudante, e ainda reconhecendo e incentivando o protagonismo, entre outros.

Botão Voltar ao topo