fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

No Dia do Enfermeiro, evento no HM e, São José valoriza os profissionais

Enfermeiro Allvaro ajusta a iluminação especial de sala do centro cirúrgico do Hospital Municipal, onde ele trabalha – (Foto: Claudio Vieira/PMSJC)

O tema “Nosso Time tem Valor” é a cara da equipe que atua na enfermagem do Hospital Municipal e que comemora nesta sexta-feira (12) o Dia Mundial do Enfermeiro.

É um time de peso. São mais de 800 profissionais entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares de enfermagem dedicados em tempo integral aos pacientes.

A comemoração vai se estender ao longo do mês –dia 20 é o Dia do Técnico de Enfermagem e do Auxiliar de Enfermagem. Os eventos estão previstos para os dias 23 e 24 de maio.

“O foco é a valorização dos profissionais e a promoção do bem-estar da equipe. Eles merecem o nosso agradecimento pela qualidade do trabalho que executam todos os dias”, disse Renata Mantovani, diretora de Enfermagem do HM.

Nos dias 23 e 24 o hospital terá uma Estação Zen com salas spa das mãos, automaquiagem, cuidados com a pele, massoterapia, reiki e aromaterapia. Os profissionais que se destacam nos quesitos gentileza e cortesia, boas ideias e promoção de pequenos esforços receberão cartões temáticos.

Dedicação

Descrever os desafios diários da enfermagem não é simples, mas os profissionais da área resumem tudo como uma soma da dedicação em servir e de olhar o paciente além da doença. O resultado é cuidar com amor.

“Sempre que estou cuidando de alguém imagino que esse paciente é o amor da vida de uma pessoa, de uma mãe, de um pai, de um filho…e assim me concentro para fazer o meu melhor”, disse a enfermeira Michelle Marcondes Almeida Borges, que trabalha na UTI 2 do Hospital Municipal.

O trabalho na UTI é duro e não para. Michelle cuida de procedimentos complexos, mas acha um aprendizado gratificante. Segundo ela, é comum o paciente ter alta e mandar mensagem, voltar para dar um presente ou um abraço de agradecimento.

“Para o paciente, a dor dele é a pior de todas e precisamos acolher esse sentimento e cuidar”, disse Michelle, que está há 23 anos na profissão.

Outro local que exige procedimentos complexos e cuidados intensos com o paciente é o Centro Cirúrgico, onde trabalha Allvaro Oliveira. Enfermeiro há 12 anos. Ali ele cumpre sua jornada diária, há 2 anos.

“A enfermagem é olhar para um paciente em uma perspectiva mais integrada e completa, não apenas para as questões clínicas e assistenciais. Diariamente podemos vivenciar essa perspectiva”, afirmou Allvaro.

Humanização

Ele relembra que no auge da pandemia de covid a humanização no cuidado com o paciente teve seu ponto alto, “quando pequenos gestos fizeram a diferença para muitas famílias”. Um cuidado que continua sendo praticado no Hospital Municipal.

Segundo Allvaro, naquele momento a família foi totalmente inserida no contexto do tratamento do paciente e o contato foi feito por meio de vídeos, áudios e ligações telefônicas feitas por enfermeiros, psicólogos e pessoal de apoio.

“Independente do desfecho daqueles casos, sabemos que foi importante e o retorno dos pacientes e das famílias foi especial”, afirmou Allvaro.

“Essa marca do tratamento humanizado está sempre presente no trabalho da enfermagem, que este ano vai implantar ações para melhorar ainda mais a jornada do paciente no Hospital Municipal”, disse Renata Mantovani.

Botão Voltar ao topo