fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Entidades Sociais de São José participam da ‘Trilha da Capacitação’

O processo de capacitação do Sebrae está envolvendo 44 entidade sociais, com conclusão prevista para julho. (Foto: Divulgação/Divulgação)

O Fundo Social de Solidariedade de São José dos Campos iniciou, nesta segunda-feira (8), o processo de capacitação das entidades sociais.

A “Trilha da Capacitação”, promovida pelo Sebrae, integra o Programa de Aceleração Social, lançado há dez dias, e que tem o objetivo de potencializar as atividades desenvolvidas pelas Organizações da Sociedade Civil (OSCs), propiciando o engajamento de empreendedores para a viabilização dos projetos sociais.

A Trilha da Capacitação prevê desde a análise e diagnóstico da instituição a comportamento empreendedor, planejamento estratégico e processos, gestão de pessoas, inovação no Terceiro Setor e captação de recursos, finanças e modelo de negócio e Pitch. No total, serão seis encontros, com conclusão prevista para julho.

Entre as 44 entidades sociais participantes, está a Sociedade Holística Humanitária. O diretor executivo da entidade, Vagner Nery Machado, acredita que o programa deverá contribuir para a profissionalização das entidades, aprimorar vários campos de atuação e dar visibilidade do que está sendo feito aos empreendedores.

A assistente social Maria Neusa Cantinho, da Casa de Oração Missionários da Luz, também aprovou a iniciativa. “A gente vai aprender muito, inclusive para estar aptas a participar de eventos, programas e licitações que possam trazer recursos às entidades”, afirmou.

No Programa de Acelerador Social, o Fundo Social atua como um acelerador, fazendo a interface entre as entidades joseenses cadastradas e os empreendedores, estimulando as ações efetivas para a melhoria dos aspectos sociais do município.

Botão Voltar ao topo