fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Defesa Civil realiza oficina para Operação Estiagem na região do Vale do Paraíba

As oficinas preparatórias acontecem anualmente e fazem parte das capacitações desenvolvidas pela Defesa Civil do Estado, por meio da Escola de Defesa Civil, plataforma destinada ao ensino e treinamento de agentes e voluntários

As oficinas preparatórias acontecem anualmente e fazem parte das capacitações desenvolvidas pela Defesa Civil do Estado, por meio da Escola de Defesa Civil, plataforma destinada ao ensino e treinamento de agentes e voluntários. (Foto: Divulgação)

A Defesa Civil do Estado de São Paulo realiza nesta quinta-feira, 4, a partir das 8h, no município de Campos do Jordão, a oficina preparatória para a Operação Estiagem 2023. O treinamento é destinado a todos os municípios da região do Vale do Paraíba. A edição deste ano contará com 15 oficinas presenciais que serão realizadas em todas as regiões do estado entre os meses de abril e maio. Todos os municípios da região são convidados a participarem. Durante as oficinas os agentes municipais receberão intenso treinamento prático. Até o momento já foram realizadas sete oficinas e capacitados 1.080 agentes municipais.

Uma equipe volante da divisão de capacitação ficará ao longo de todo o dia aplicando o treinamento para os agentes e gestores do Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil para atuação efetiva e sistêmica durante o período de estiagem, com vistas à redução dos incêndios florestais.

A capacitação é dividida em duas etapas: na fase teórica os alunos aprendem sobre o acionamento do Plano de Contingência para o período de estiagem e o Plano de Auxílio Mútuo em Emergência (PAME), monitoramento da umidade relativa do ar (URA) e inserção de dados no Sistema Integrado de Defesa Civil (SIDEC), protocolo de acionamento de aeronaves e crimes ambientais relacionados a incêndios, já na fase prática aprenderão técnicas de combate direto e indireto a incêndios em coberturas vegetais, além do correto uso dos equipamentos e regras de segurança para deslocamento na mata. Em 2022 foram capacitados 1.473 agentes de defesa civil dos municípios paulistas.

Para os municípios que concluem as duas fases da oficina e cumprem os critérios estabelecidos nas normas da Defesa Civil é fornecido, de forma gratuita, os kits de estiagem, contendo equipamentos para combate a incêndio em cobertura vegetal. “Nosso papel é apoiar os municípios e capacitar os agentes com todo conhecimento e experiência que possuímos, pois, comumente a defesa civil municipal é a primeira a chegar em um foco de incêndio, e, estando preparados e equipados, eles podem extinguir as chamas. Sabemos que todo grande incêndio começa com um pequeno foco”, destacou Coronel PM Henguel Ricardo Pereira, Coordenador Estadual de Proteção e Defesa Civil.

A OPERAÇÃO ESTIAGEM
Para prevenir e combater as queimadas florestais, a Defesa Civil desenvolve anualmente a Operação Estiagem, com início no dia 1 de junho, acompanhando a fase vermelha (mais crítica) da Operação Corta-Fogo, que é desenvolvida pela Secretária de Infraestrutura, Meio Ambiente e Logística, com apoio da Defesa Civil do Estado e outras instituições ligadas a Secretária de Segurança Pública, como o Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental e Comando de Aviação da Polícia Militar.

Ao longo da Operação Estiagem a Defesa Civil do Estado também desencadeia planos de contingência, de acordo com as recomendações de órgãos internacionais (de saúde, meteorologia e de Proteção e Defesa Civil), nas regiões mais suscetíveis aos problemas decorrentes da seca, por meio do monitoramento da Umidade Relativa do Ar (URA), pelo nosso Núcleo de Gerenciamento de Emergências, 24 horas por dia. E dependendo das proporções do incêndio, ajuda na contratação de empresas para combate aéreo.

REDUÇÃO RECORDE DE INCÊNDIOS EM 2022
Na última edição da Operação Estiagem e Operação Corta Fogo houve uma redução recorde nos focos de incêndios florestais em todo o estado de São Paulo. Em 2022 foram contabilizados 1.008 focos de incêndio em todo o Estado de São Paulo, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, uma redução de 79% se comparado com os 4.884 focos de incêndio registrados no mesmo período de 2021. Já o Painel Geoestatístico dos Incêndios Florestais em Unidades de Conservação e Áreas Protegidas publicado pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, registrou uma queda de 69% na incidência de incêndios nos Parques Florestais do estado de São Paulo.

LOCAL DO TREINAMENTO
Espaço Cultural Dr. Além
Avenida Dr Januário Miráglia, 1582, Abernessia, Campos do Jordão
Horário: a partir das 8h

Botão Voltar ao topo