fbpx

Prefeitura injeta R$ 19 milhões na economia com 13º e pagamento de abril

Os valores já estão com acréscimo de 8% concedido aos servidores públicos municipais, 2,07% acima da inflação oficial de 2022 registrada no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que foi de 5,93%.

A Prefeitura de Pindamonhangaba vai injetar cerca de R$ 19 milhões na economia da cidade na sexta-feira (28) com a antecipação da primeira parcela do 13º salário e com o vencimentos de abril, sendo R$ 9 milhões sobre o 13º e R$ 10 milhões referentes ao pagamento do mês.

Os valores já estão com acréscimo de 8% concedido aos servidores públicos municipais, 2,07% acima da inflação oficial de 2022 registrada no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que foi de 5,93%.

O secretário de Finanças, Claudio Godoy Fonseca, orientou sobre as formas de utilização do montante. “É um grande aporte para a economia da cidade, que será beneficiada com este ato da gestão Dr. Isael e Ricardo Piorino. Quem estiver com as contas em dia pode aplicar parte do recurso em investimento de médio e longo prazo, aproveitando o seu perfil de investidor. Assim, converse com o gerente do seu banco sobre a melhor forma de investir. Quem tiver dívida pode aproveite para pagar o mais rápido possível, principalmente cartão de crédito e cheque especial, porque possuem taxas elevadas e corroem o dinheiro. No mais, quem for gastar o dinheiro, sugerimos que utilize no comércio local, ajudando na geração de emprego e renda na cidade, fortalecendo a economia local e o próprio município”.

Sobre o reajuste, o prefeito de Pindamonhangaba, Dr. Isael, disse que “é uma ótima notícia para os servidores. Conseguimos chegar a este índice, que é acima da inflação, ou seja, com um ganho real para o servidor público, e será pago no fim do mês, junto com a antecipação da primeira parcela do 13º salário”.

Ele afirmou que “a antecipação do 13º e o reajuste vão ajudar muito os servidores e também o setor comercial local, que absorverá grande parte deste montante, especialmente porque será pago poucos dias do Dia das Mães – uma data muito significativa e de grande movimentação no comércio”.

Botão Voltar ao topo