fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Mirassol vence em casa na estreia do Brasileiro da Série B

(Foto: Marcos Freitas/Agência Mirassol)

O Mirassol derrotou a Chapecoense por 1 a 0 na noite deste sábado, no estádio José Maria de Campos Maia, pela primeira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, confirmando o bom momento do futebol paulista na estreia.

Dos quatro jogos envolvendo paulistas até agora, três venceram: Guarani, Ituano e Mirassol. O Novorizontino destoou ao perder para o Vila Nova por 2 a 1.

Os primeiros 20 minutos da etapa inicial foram de pouca emoção. Pareciam até que estavam com preguiça de jogar. A única oportunidade saiu dos pés de Cristiano. Na entrada da área, ele arriscou e mandou para fora.

O Mirassol foi aos poucos tomando o controle da partida e cansou de perder oportunidade de gol, com Kauan e Danielzinho. Aos 28 minutos, Negueba recebeu dentro da área e arriscou um voleio. Por muito pouco não inaugurou o placar.

A Chapecoense conseguiu segurar a pressão do adversário e voltou a atacar aos 40 minutos. Em rápido contra-ataque, Bruno Nazário recebeu dentro da área e cabeceou para linda defesa de Alex Muralha.

No segundo tempo, o Mirassol voltou animado e montou uma blitz no campo de defesa da Chapecoense. Aos 11 minutos, Chico Kim recebeu de Thalisson Kelven e emendou um bonito chute de primeira. Airton fez um milagre, à queima-roupa, para evitar o gol.

Aos 17 minutos, não teve jeito. Em mais uma jogada em velocidade do Mirassol, Gabriel arrancou do meio de campo, passou como quis por Victor Ramos, invadiu a área e soltou a bomba para fazer 1 a 0.

Na frente do placar, o Mirassol recuou e chamou a Chapecoense para o seu campo defensivo. O time catarinense foi para o tudo ou nada e exigiu grande defesa de Alex Muralha na tentativa de Danrlei. A última chance, no entanto, foi com Ribamar, que acertou o travessão.

Na próxima rodada, o Mirassol enfrenta o Avaí, no sábado, às 16h, no estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC). No domingo, às 15h30, a Chapecoense pega o Londrina, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

Botão Voltar ao topo