fbpx

Setor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha participa da 13ª edição da LAAD Defence & Security

Marinha do Brasil aproveita para estreitar relacionamento com a Base Industrial de Defesa brasileira e internacional durante a LAAD. (Foto: Divulgação)

O Setor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Marinha do Brasil participou, na semana de 10 a 14 de abril, da 13ª edição da LAAD Defence & Security. O Setor apresentou aos participantes do evento a capacidade do desenvolvimento de sistemas e equipamentos de Defesa e de domínio de tecnologias autóctones.

Na oportunidade, o Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ) e a Empresa de construção naval DGS Industrial Ltda. assinaram um acordo de parceria para Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), que tem como objetivo promover estudos e análises de conceitos técnicos e operacionais, relativos a embarcações autônomas e remotamente controladas, agregando conhecimento ao Projeto do Veículo de Superfície Não Tripulado (VSNT), em execução no Centro de Análises de Sistemas Navais (CASNAV).

O Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Petronio Augusto Siqueira de Aguiar, recebeu em Itaguaí, nos dias 10 e 13, respectivamente, uma delegação de parlamentares franceses e uma comitiva argentina, liderada pelo Ministro da Defesa daquele País.

Na ocasião, os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer toda a estrutura e a capacidade industrial existente no Complexo Naval de Itaguaí (CNI), local onde será construído o primeiro Submarino Convencionalmente Armado com Propulsão Nuclear (SCPN) brasileiro.

No dia 12, outras comitivas de Representantes das Marinhas dos EUA, Índia, Indonésia e Paquistão puderam visitar o Estaleiro de Construção e a Unidade de Fabricação de Estruturas Metálicas, localizados no CNI.

Ministro da Defesa Argentino e comitiva visitam o Complexo Naval de Itaguaí (RJ). (Foto: Divulgação)

Botão Voltar ao topo