fbpx

Ex-aluna do Cephas em São José motiva jovens do programa Primeira Chance

Jovens do programa Primeira Chance, funcionários da Gerdau e empresários da Assecre; troca de experiências e conhecimentos. ( Foto: Divulgação/PMSJC)

Técnica em Mecânica formada pelo Cephas (Colégio de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza) em 2019 e ex-jovem aprendiz da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza), Raiane Rodrigues Negrão, de 22 anos, viveu momentos especiais nesta quinta-feira (13).

Junto com quatro colegas da fábrica da Gerdau em São José dos Campos, onde atuou por um ano como jovem aprendiz e hoje é estagiária universitária da área de produção, ela esteve no auditório da sede da Fundhas, no Parque Industrial, na região sul, para motivar os 40 jovens da atual edição do programa Primeira Chance na busca pelo primeiro emprego e por novos horizontes profissionais.

Os funcionários das áreas administrativa e de produção Gerdau foram os convidados especiais do módulo “Profissionais para a Indústria do Futuro”, organizado pela Assecre (Associação das Empresas do Vale do Paraíba).

Eles compartilharam com os jovens suas experiências profissionais, falaram sobre a Gerdau e deram orientações de como se preparar para o mercado de trabalho e aproveitar as oportunidades profissionais para o desenvolvimento de diversas carreiras.

A manutenção e ampliação do atendimento dos jovens na capacitação para o primeiro emprego através do programa Primeira Chance integra o Plano de Gestão 2021-2024.

Compartilhando conhecimentos:

Um dos pontos altos da aula desta quinta foi o depoimento de Raiane.

“Já estive no lugar destes jovens na busca pelo primeiro emprego e por capacitação profissional. Espero que meu depoimento seja útil e os motive para que também possam progredir cada vez mais”, afirmou a ex- aluna do Cephas.

“O Cephas me ajudou muito. E ter sido jovem aprendiz na Gerdau foi fundamental na minha vida, abrindo as portas para que eu esteja na empresa até hoje”, completou.

Novos horizontes

As experiências profissionais e os conhecimentos compartilhados por Raiane, pelos funcionários da Gerdau e por empresários da Assecre motivaram os beneficiários do Primeira Chance.

“Estou muito feliz por participar do programa e muito motivado. Atualmente trabalho como ajudante de caminhoneiro, mas acredito que os conhecimentos que vou adquirir me ajudarão a ampliar meus horizontes profissionais”, disse Yuri Kajyama Aquino, que tem 18 anos e mora no Jardim Satélite, na região sul.

Despertando talentos

Diretor executivo da Assecre, o empresário Wagner Siqueira destacou a importância do programa Primeira Chance.

“É um programa muito importante para despertar estes jovens, mostrando a eles que é possível encontrar novas perspectivas de trabalho”, disse Siqueira.

“O Primeira Chance é a porta de entrada para quem se prepara e aproveita as oportunidades”.

Capacitação profissional

Até 27 de abril, serão realizados mais quatro módulos do programa Primeira Chance. Os jovens que concluírem os cursos com 100% de frequência receberão uma contrapartida financeira de R$ 400.

Ao final da jornada presencial, eles terão também a oportunidade de continuar a capacitação profissional com a realização de um curso gratuito na modalidade EAD oferecido pelo Cephas.

Implantado em 2017, o programa é uma iniciativa da Prefeitura de São José, em parceria com a Fundhas e o Cephas e entidades como Assecre, ACI (Associação Comercial e Industrial) de São José, Senai (Serviço Nacional da Indústria), Senac (Serviço Nacional do Comércio) e CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), entre outras, e com empresários voluntários.

Botão Voltar ao topo