fbpx

Técnico joseense é ouro com a seleção de bocha paralímpica

A seleção brasileira de bocha paralímpica conquistou três medalhas no World Boccia Intercontinental Challenger na Croácia. (Foto: Divulgação/PMSJC)

O técnico joseense Zezinho Guardia conquistou a medalha de ouro com a seleção brasileira de bocha paralímpica no World Boccia Intercontinental Challenger, disputado entre os dias 25 de março e 1 de abril em Zagreb, capital da Croácia, reunindo atletas de 22 países.

Essa é a primeira competição do ano para a Seleção Brasileira, que busca a preparação para os Jogos Para Pan-Americanos em Santiago no Chile, que garantem as vagas para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024.

Guardia é técnico da classe Par BC3 com e dirigiu os atletas Evelyn Oliveira e Mateus Carvalho, juntamente com os assistentes esportivos Roberto Ferreira e Oscar Carvalho.

“Iniciar o ano com conquistas, com medalhas, dá mais confiança para a sequência do nosso trabalho, visando as principais competições da temporada”, disse Guardia.

Além da medalha de ouro nesta categoria, o Brasil conquistou mais duas medalhas: prata individual feminino BC3 com a atleta Evani Calado e a assistente esportiva Renata da Silva e bronze individual feminino BC3 com Evelyn Oliveira e Roberto Ferreira.

Além de técnico da seleção, Guardia é professor que desenvolve a modalidade em São José dos Campos, atuando como treinador da equipe de rendimento e na iniciação da bocha nas escolinhas mantidas pela Prefeitura.

São José dos Campos tem uma das principais equipes do Estado de São Paulo e é umas das cidades com maior número de praticantes do país. A modalidade conta com apoio da Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida, por meio LIF – Lei de Incentivo Fiscal do Esporte.

Botão Voltar ao topo