fbpx

Fundo Social de São José mantém ritmo acelerado na organização de doações

No CD, os alimentos são separados e as roupas e sapatos são separados por gênero e tamanhos. (Foto: Claudio Vieira/PMSJC)

A rede de solidariedade, em São José dos Campos, cresce a cada dia. Funcionários do Fundo Social de Solidariedade e voluntários continuam o trabalho de organização dos itens doados às vítimas das fortes chuvas em São Sebastião e todo o litoral norte.

O Centro de Distribuição não para de receber doações, entre alimentos, materiais de limpeza e higiene pessoal roupas, móveis e colchões.

As pessoas que chegam ao CD se impressionam com o trabalho que vem sendo desenvolvido. Sensíveis à tragédia que provocou mortes e deixou desabrigados, ao trazer suas doações, muitas pessoas têm se oferecido para ajudar na triagem.

Esse é o caso de Vânia Aparecida de Oliveira, que trouxe calçados, roupas e alimentos na manhã desta quinta-feira (23). “É muito bonito de ver essa iniciativa. Quero vir fazer mais”, dizendo que voltaria com a filha como voluntárias.

Para o Fundo Social, o trabalho de triagem é importante para que as cidades litorâneas recebam os produtos de forma adequada, possibilitando otimizar o atendimento às pessoas desabrigadas. No CD, os alimentos são separados e as roupas e sapatos são separados por gênero e tamanhos.

Somente em alimentos, mais de 20 toneladas de alimentos já foram encaminhadas às cidades atingidas. São José dos Campos também enviou máquinas pesadas, como retroescavadeiras e caminhões, para desobstrução das vias, juntamente com agentes voluntários da Defesa Civil.

Interessados em contribuir com doações ao Fundo Social podem procurar um dos pontos de arrecadação.

Botão Voltar ao topo